A maior rede de estudos do Brasil

Empresa oficina mecânica vende peças pode se beneficiar da lei 10485/2002?


2 resposta(s)

User badge image

Manoel Cícero

Há mais de um mês

Nas vendas de autopeças relacionadas nos Anexos I e II da Lei no 10.485, de 2002, efetuadas por seus fabricantes para fabricantes de veículos e máquinas mencionados no art. 1o da mesma lei, aplica-se a alíquota de 1,65% para a Cofins. Caso o adquirente dessas autopeças, fabricante dos veículos e máquinas, vier a revendê-las, aplicará ele, sobre sua receita assim obtida, a alíquota da contribuição para o PIS/Pasep prevista no inciso II do art. 3o da Lei no 10.485, de 2002, na redação dada pela Lei no 10.865, de 2004.

Estão sujeitos à retenção na fonte da Cofins os pagamentos efetuados pelos fabricantes de máquinas e veículos referentes à aquisições das autopeças em questão.

Nenhuma empresa optante do Simples Nacional pode se creditar seja ICMS, PIS ou COFINS, no caso das notas fiscais são duas coisas distintas venda de mercadorias e prestação de serviços, então cada qual com sua respectivas notas fiscais.

Nas vendas de autopeças relacionadas nos Anexos I e II da Lei no 10.485, de 2002, efetuadas por seus fabricantes para fabricantes de veículos e máquinas mencionados no art. 1o da mesma lei, aplica-se a alíquota de 1,65% para a Cofins. Caso o adquirente dessas autopeças, fabricante dos veículos e máquinas, vier a revendê-las, aplicará ele, sobre sua receita assim obtida, a alíquota da contribuição para o PIS/Pasep prevista no inciso II do art. 3o da Lei no 10.485, de 2002, na redação dada pela Lei no 10.865, de 2004.

Estão sujeitos à retenção na fonte da Cofins os pagamentos efetuados pelos fabricantes de máquinas e veículos referentes à aquisições das autopeças em questão.

Nenhuma empresa optante do Simples Nacional pode se creditar seja ICMS, PIS ou COFINS, no caso das notas fiscais são duas coisas distintas venda de mercadorias e prestação de serviços, então cada qual com sua respectivas notas fiscais.

User badge image

Larissa Zanelatto

Há mais de um mês

A lei 10485/2002 é uma lei que regula a incidência dos tributos PIS e COFINS, tratando as hipóteses e determina outras providências. 

São contribuintes da COFINS as pessoas jurídicas de direito privado, incluindo aquelas uniformizadas pela legislação do Imposto de Renda. Contudo, não são destinatários dessa lei as as empresas de pequeno porte submetidas ao Simples Nacional. 

Os contribuintes do Pis são pessoas jurídicas de direito privado e as que assemelham-se a estas pela legislação do Imposto de Renda, até mesmo empresas prestadoras de serviços, empresas públicas e sociedades de economia mista, assim como suas subsidiárias. Entretanto, as microempresas e as empresas de pequeno porte submetidas ao Simples Nacional não fazem parte dos contribuintes desse tributo. 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes