A maior rede de estudos do Brasil

Qual foi as principais obras de pierre boudie ?e os seus conceitos?

Pedagogia

UNIASSELVI


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Pierre Bourdieu foi considerado um dos maiores sociólogos do último século. Sua principal vertente é a perpetuação da desigualdade social em diversas instituições. Entre muito de suas obras, temos a “A Dominação Masculina” foi um livro publicado em 1998, no qual se desenvolve uma análise profundamente sociológica das relações sociais entre sexos, e procura esclarecer as persistências da dominação dos homens sobre as mulheres em todas as sociedades humanas.

Segundo seus conceitos, o que faz com que indivíduos se orientam na hierarquia social são as relações econômicas, simbólicas e culturais entre os eles. Há esse posicionamento diferente na estrutura porque há desigualdade na distribuição de recursos.

Pierre Bourdieu foi considerado um dos maiores sociólogos do último século. Sua principal vertente é a perpetuação da desigualdade social em diversas instituições. Entre muito de suas obras, temos a “A Dominação Masculina” foi um livro publicado em 1998, no qual se desenvolve uma análise profundamente sociológica das relações sociais entre sexos, e procura esclarecer as persistências da dominação dos homens sobre as mulheres em todas as sociedades humanas.

Segundo seus conceitos, o que faz com que indivíduos se orientam na hierarquia social são as relações econômicas, simbólicas e culturais entre os eles. Há esse posicionamento diferente na estrutura porque há desigualdade na distribuição de recursos.

User badge image

Marcelo Lima

Há mais de um mês

A Dominação Masculina, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1999.

Sobre a Televisão, Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

O Senso Prático, Petrópolis, Vozes, 2009

A Reprodução: elementos para uma teoria do sistema de ensino, Lisboa: Editorial Vega, 1978

Questões de Sociologia, Lisboa: Fim de Século, 2003

O Que Falar Quer Dizer: a economia das trocas simbólicas, Algés: Difel, 1998.

A Economia das Trocas Simbólicas, São Paulo, Editora Perspectiva S.A., 2003

O Poder Simbólico, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1992.

As Regras da Arte: génese e estrutura do campo literário, Lisboa: Presença, 1996

Razões Práticas: Sobre a teoria da ação, Campinas, Papirus Editora, 1996

Razões Práticas: sobre a teoria da acção, Oeiras: Celta Editora, 1997

Contrafogos: táticas para resistir à invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

Meditações Pascalianas, Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 2001.

Contrafogos 2: por um movimento social europeu. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

A Produção da Crença: contribuição para uma economia dos bens simbólicos, Porto Alegre, Editora Zouk, 2001

As Estruturas Sociais da Economia, Lisboa: Instituto Piaget, 2001

Lições da Aula: aula inaugural proferida no Collége de France em 23 de abril de 1982. São Paulo: Ática, 2001.

Esboço de Uma Teoria da Prática, Precedido de Três Estudos de Etnologia Cabila, Oeiras: Celta Editora, 2002

O Amor Pela Arte: museus de arte na europa e seu público, Porto Alegre, Editora Zouk, 2003

A Miséria do Mundo. Petrópolis: Vozes, 2003.

Esboço para uma Autoanálise, Lisboa : Edições 70, 2004

Para uma Sociologia da Ciência, Lisboa: Edições 70, 2004 (Trad. de: Science de la science et reflexivité)

Os Usos Sociais da Ciência: por uma sociologia clínica do campo científico. São Paulo: Editora UNESP, 2004.

Ofício de Sociólogo: metodologia da pesquisa na sociologia. Petrópolis: Vozes, 2004. (em colaboração com Jean-Claude Chamboredon e Jean-Claude Passeron.)

A Distinção: crítica social do julgamento, Porto Alegre, Editora Zouk, 2007

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas