A maior rede de estudos do Brasil

explique o crime de furto de coisa movel


3 resposta(s)

User badge image

Carina Silva Lobo

Há mais de um mês

Crime de furto e prevista pelo artigo 155 do código penal brasileiro que consiste na subtração de coisa alheia móvel para si ou para outrem
Crime de furto e prevista pelo artigo 155 do código penal brasileiro que consiste na subtração de coisa alheia móvel para si ou para outrem
User badge image

Juan Braga

Há mais de um mês

Art. 155 – Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:

Pena – reclusão, de um a quatro anos, e multa.

§ 1º – A pena aumenta-se de um terço, se o crime é praticado durante o repouso noturno.

§ 2º – Se o criminoso é primário, e é de pequeno valor a coisa furtada, o juiz pode substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de um a dois terços, ou aplicar somente a pena de multa.

§ 3º – Equipara-se à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico. ( famoso Gato)

Furto qualificado

§ 4º – A pena é de reclusão de dois a oito anos, e multa, se o crime é cometido:

I – com destruição ou rompimento de obstáculo à subtração da coisa; (pela janela ou destruiu a janela)

II – com abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou destreza; ( um amigo ou empregada de sua confiança)

III – com emprego de chave falsa;

IV – mediante concurso de duas ou mais pessoas.

§ 5º – A pena é de reclusão de 3 (três) a 8 (oito) anos, se a subtração for de veículo automotor que venha a ser transportado para outro Estado ou para o exterior.

User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

O crime de furto está previsto no artigo 155 do Código Penal que dispõe: 

   Furto

        Art. 155 - Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel:

        Pena - reclusão, de um a quatro anos, e multa.

Ele é classificado como sendo:

Crime comum: pode ser praticado por qualquer pessoa;

Crime plurissubsistente: a conduta do agente criminoso pode ser fracionada em vários atos;

Crime material: é preciso do resultado naturalístico para a consumação;

Crime unissubjetivo: em regra, praticado por um indivíduo apenas;

Crime de forma livre: pode ser praticado por qualquer conduta que se amolde ao tipo penal.

No crime de furto a subtração da coisa móvel é feita sem violência (própria ou imprópria) ou grave ameaça. O tipo prevê um especial fim de agir que é a elementar "para si ou para outrem". Esse crime só pode ser praticado dolosamente não havendo a sua punição pela conduta culposa. O furto de uso também não é punível. 

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes