A maior rede de estudos do Brasil

como se dá a variação no nível discursivo?


1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Variação linguística é um acontecimento que ocorre no idioma falado, que se da por meio de como a língua é falada em cada região do país. Como por exemplo o modo de se comunicar no nordeste e no sudeste do Brasil, é falado português e ambos se entendem, mas acontecem variações nos sentidos das palavras ou frases e variações nas próprias palavras e frases. A variação linguística podem acontecer até em regiões próximas, como na região central de São Paulo e seu interior, por exemplo ou em regiões muito distantes como Brasil e Portugal, que tem a língua materna como português, mas são muito distintos.

Há também variações linguísticas históricas, que seria o modo de falar de séculos passados com o modo de falar atual. Temos também a variação social, onde a linguística é atingida devido a classe social de quem a fala. Há também a variação situacional, onde o modo de fala muda de acordo com a situação em que o locutor se encontra, uma situação formal, informal, onde pode-se usar uso de gírias ou não.

Por fim, considerar uma variação linguística errada, classifica como preconceito linguístico, visto que coloca-se um das variações como superior e coloca outra como errada, e não há erro em variações linguística, apenas modos de falar diferentes.

Variação linguística é um acontecimento que ocorre no idioma falado, que se da por meio de como a língua é falada em cada região do país. Como por exemplo o modo de se comunicar no nordeste e no sudeste do Brasil, é falado português e ambos se entendem, mas acontecem variações nos sentidos das palavras ou frases e variações nas próprias palavras e frases. A variação linguística podem acontecer até em regiões próximas, como na região central de São Paulo e seu interior, por exemplo ou em regiões muito distantes como Brasil e Portugal, que tem a língua materna como português, mas são muito distintos.

Há também variações linguísticas históricas, que seria o modo de falar de séculos passados com o modo de falar atual. Temos também a variação social, onde a linguística é atingida devido a classe social de quem a fala. Há também a variação situacional, onde o modo de fala muda de acordo com a situação em que o locutor se encontra, uma situação formal, informal, onde pode-se usar uso de gírias ou não.

Por fim, considerar uma variação linguística errada, classifica como preconceito linguístico, visto que coloca-se um das variações como superior e coloca outra como errada, e não há erro em variações linguística, apenas modos de falar diferentes.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas