A maior rede de estudos do Brasil

Direito espartano: Imobilodade social e institucional, como era?


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A organização social da cidade em Esparta era estamental, ou seja, não havia mobilidade social. Seu sistema de constituição eram focados no treinamento militar objetivando alcançar a excelência. Sua organização social era dividida em:

  • Esparcíatas: eram políticos, integrantes do exército e ricos proprietários de terras. Por ser filhos de mães e pais espartanos possuíam direitos políticos e receberam educação tradicional.
  • Periecos: eram pequenos comerciantes e artesãos, não possuíam direitos políticos e também não tinham acesso. Sua função era combater no exército, e pagar impostos.
  • Hilotas: trabalhavam praticamente de graça para os esparcíatas. Assim, não tinham direitos políticos.

Sua instituição política era dividida em:

  • Reis: tinham vários privilégios, eram dois reis que governavam a cidade.
  • Assembleia: constituída pelos cidadãos responsáveis por tomar decisões políticas, como votar nas leis elaboradas por Gerúsia.
  • Gerúsia: formada por vinte e oito cidadãos com mais de 60 anos conhecidos como gerontes e também pelos dois reis. Responsáveis por elaborar as leis da cidade.

- Éforos: considerados como chefe de poderes, tinham diversos poderes administrativos, militares, judiciais e políticos. Composto por apenas cinco cidadãos.

A organização social da cidade em Esparta era estamental, ou seja, não havia mobilidade social. Seu sistema de constituição eram focados no treinamento militar objetivando alcançar a excelência. Sua organização social era dividida em:

  • Esparcíatas: eram políticos, integrantes do exército e ricos proprietários de terras. Por ser filhos de mães e pais espartanos possuíam direitos políticos e receberam educação tradicional.
  • Periecos: eram pequenos comerciantes e artesãos, não possuíam direitos políticos e também não tinham acesso. Sua função era combater no exército, e pagar impostos.
  • Hilotas: trabalhavam praticamente de graça para os esparcíatas. Assim, não tinham direitos políticos.

Sua instituição política era dividida em:

  • Reis: tinham vários privilégios, eram dois reis que governavam a cidade.
  • Assembleia: constituída pelos cidadãos responsáveis por tomar decisões políticas, como votar nas leis elaboradas por Gerúsia.
  • Gerúsia: formada por vinte e oito cidadãos com mais de 60 anos conhecidos como gerontes e também pelos dois reis. Responsáveis por elaborar as leis da cidade.

- Éforos: considerados como chefe de poderes, tinham diversos poderes administrativos, militares, judiciais e políticos. Composto por apenas cinco cidadãos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas