A maior rede de estudos do Brasil

Levando em conta que o conflito aparente de normas é uma situação em que há uma aparente duvida de qual norma aplicar a um caso concreto? explique.


2 resposta(s)

User badge image

Estudante PD

Há mais de um mês

O conflito aparente de normas no direito penal é solucionado por três regras: Consunção, especialidade e subsidiariedade. 

Na consunção quando um crime é um meio para outro crime mais grave o crime meio é absolvido, sendo que, o agente só será punido pelo crime mais gravoso. Ex.: Para subtrair um bem, A entra na casa de C e subtrai um objeto valioso. Nesse caso o crime de violação de domicílio fica absorvido pelo crime de furto. 

Na especialidade o crime especial afasta a aplicação do crime geral. Ex.: Uma mulher  sob influência do estado puerperal mata seu próprio filho após o nascimento. Nesse caso o crime adequado é o infanticídio e não o homicídio, pois, há uma elementar especial que é a influência do estado puerperal.

O princípio da subsidiariedade menciona que o agente será punido pelo crime mais leve apenas quando não for possível a aplicação do crime mais grave. Ex.: Se A joga uma pedra no carro de B quando esse passa e o mata, não responderá pelo crime de dano (menos grave) e sim pelo crime de homicídio (mais grave). 

O conflito aparente de normas no direito penal é solucionado por três regras: Consunção, especialidade e subsidiariedade. 

Na consunção quando um crime é um meio para outro crime mais grave o crime meio é absolvido, sendo que, o agente só será punido pelo crime mais gravoso. Ex.: Para subtrair um bem, A entra na casa de C e subtrai um objeto valioso. Nesse caso o crime de violação de domicílio fica absorvido pelo crime de furto. 

Na especialidade o crime especial afasta a aplicação do crime geral. Ex.: Uma mulher  sob influência do estado puerperal mata seu próprio filho após o nascimento. Nesse caso o crime adequado é o infanticídio e não o homicídio, pois, há uma elementar especial que é a influência do estado puerperal.

O princípio da subsidiariedade menciona que o agente será punido pelo crime mais leve apenas quando não for possível a aplicação do crime mais grave. Ex.: Se A joga uma pedra no carro de B quando esse passa e o mata, não responderá pelo crime de dano (menos grave) e sim pelo crime de homicídio (mais grave). 

User badge image

Thais Araujo

Há mais de um mês

O conflito aparente de normas penais ocorre quando há duas ou mais normas incriminadoras tipificando o mesmo fato, porém, apenas uma norma é aplicada à hipótese. Daí podem ser tirados alguns elementos para a existência desse conflito: unidade do fato; pluralidade de normas; aparente aplicação de todas essas normas ao mesmo fato; e efetiva aplicação de apenas uma delas.

Para solucionar esse problema são usados princípios que conseguem obter a solução no caso concreto, afastando as normas incidentes e indicando as normas penais que verdadeiramente são aplicáveis à situação, afastando, assim, o bis in idem.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes