A maior rede de estudos do Brasil

Cite 3 inibidores da cadeia respiratória, definindo seus locais de ação e suas consequências clínicas.


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A cadeia respiratória representa uma parte da respiração celular, ela ocorre nas mitocôndrias.

Existem diversos inibidores que atuam na cadeia respiratória, cada qual atuando em uma de três locais de ação possível. Vamos levantar três inibidores dentro os diversos existentes.

Podemos citar os Barbituratos, a rotetona e piericidina. Todos esses inibidores atuam no mesmo local, trabalhando para anular a oxidação dos substratos presentes na própria cadeia respiratória. Ou seja, esses inibidores atuam no primeiro complexo da cadeia transportadora de elétrons (lembrando que existem quatro complexos).

A cadeia respiratória representa uma parte da respiração celular, ela ocorre nas mitocôndrias.

Existem diversos inibidores que atuam na cadeia respiratória, cada qual atuando em uma de três locais de ação possível. Vamos levantar três inibidores dentro os diversos existentes.

Podemos citar os Barbituratos, a rotetona e piericidina. Todos esses inibidores atuam no mesmo local, trabalhando para anular a oxidação dos substratos presentes na própria cadeia respiratória. Ou seja, esses inibidores atuam no primeiro complexo da cadeia transportadora de elétrons (lembrando que existem quatro complexos).

User badge image

Tayna Reis

Há mais de um mês

A respiração celular é um meio altamente eficiente de quebrar moléculas orgânicas e transferir a energia de suas ligações para moléculas mais simples que podem ser rapidamente utilizadas pela células – os ATPs.  A 1ª fase é a Glicólise. Depois vem O Ciclo de Krebs.



Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas