A maior rede de estudos do Brasil

Existem três tipos de fibras que são predominantes na composição dos músculos. Quais são? Explique cada um.

Fisiologia I

CEUCLAR


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Os músculos tratam-se de tecidos do corpo humano que têm por função a contração e a distensão das células para possibilitar os movimentos.

As centenas de músculos que constituem o corpo humano além de auxiliar no movimento, torna o esqueleto estável e preenche o corpo, ligando os ossos com o sistema nervoso.

A contração acontece através de impulsos elétricos enviados pelo sistema nervoso central através dos nervos que, por sua vez, torna possível a entrada de sódio no músculo e a saída do potássio, liberando cálcio e causando o deslizamento das células proteicas de actina e miosina.

Além disso, as fibras musculares são classificadas em dois grupos básicos: as fibras musculares vermelhas e as fibras musculares brancas. As fibras musculares vermelhas devem a sua cor à alta concentração de enzimas de metabolismo aeróbio, de mioglobina e com a densidade de vascularização, sendo fibras de contração muscular lenta e podem desempenhar um trabalho um trabalho por longos períodos sem fatigar, sendo, portanto, mais exigidas em esportes de longa duração, como corridas de resistência. Por sua vez, as fibras brancas apresentam menor quantidade de mitocôndrias e mioglobina, possuindo capacidade contração mais rápida, no entanto, são mais propensas à fadiga do que as demais fibras musculares. Velocistas, por exemplo, têm mais fibras brancas, que são melhores para as atividades de explosão, mas não para atividades de duração mais prolongada. Assim, percebe-se que para esportes de potência e velocidade, a fibra muscular mais recrutada é a fibra muscular branca.

Os músculos tratam-se de tecidos do corpo humano que têm por função a contração e a distensão das células para possibilitar os movimentos.

As centenas de músculos que constituem o corpo humano além de auxiliar no movimento, torna o esqueleto estável e preenche o corpo, ligando os ossos com o sistema nervoso.

A contração acontece através de impulsos elétricos enviados pelo sistema nervoso central através dos nervos que, por sua vez, torna possível a entrada de sódio no músculo e a saída do potássio, liberando cálcio e causando o deslizamento das células proteicas de actina e miosina.

Além disso, as fibras musculares são classificadas em dois grupos básicos: as fibras musculares vermelhas e as fibras musculares brancas. As fibras musculares vermelhas devem a sua cor à alta concentração de enzimas de metabolismo aeróbio, de mioglobina e com a densidade de vascularização, sendo fibras de contração muscular lenta e podem desempenhar um trabalho um trabalho por longos períodos sem fatigar, sendo, portanto, mais exigidas em esportes de longa duração, como corridas de resistência. Por sua vez, as fibras brancas apresentam menor quantidade de mitocôndrias e mioglobina, possuindo capacidade contração mais rápida, no entanto, são mais propensas à fadiga do que as demais fibras musculares. Velocistas, por exemplo, têm mais fibras brancas, que são melhores para as atividades de explosão, mas não para atividades de duração mais prolongada. Assim, percebe-se que para esportes de potência e velocidade, a fibra muscular mais recrutada é a fibra muscular branca.

User badge image

Erica Alencar

Há mais de um mês

Fibras rápidas, fibras lentas, fibras intermedias

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas