A maior rede de estudos do Brasil

Em relaçao a termodinamica , qual a principal diferença entre processos catabolicos e anabolicos ?

Bioquímica Aplicada

UNINASSAU RECIFE


1 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O anabolismo refere-se às reações químicas de síntese (produção) de nova matéria orgânica nos seres vivos, sendo que as reações anabólicas são aquelas sintetizam novos compostos (moléculas mais complexas) a partir de moléculas simples, com consumo de ATP. Como exemplos, menciona-se a síntese de proteínas, ácidos graxos, hormônios, entre outros.

O catabolismo refere-se às reações de decomposição ou degradação. Em outras palavras, o catabolismo corresponde à capacidade que o organismo possui de transformar uma substância em outra que sirva para seu desenvolvimento ou reparação. Nesse contexto, é interessante salientar que as reações catabólicas geram uma considerável quantidade de energia livre sob a forma de ATP, a partir da decomposição ou degradação de moléculas mais complexas, ou seja, para conseguir energia, é necessário que ocorra “quebra” de uma substância. Para exemplificar esse processo, menciona-se a “quebra” das proteínas do tecido muscular que acontece para a obtenção de energia.

O anabolismo refere-se às reações químicas de síntese (produção) de nova matéria orgânica nos seres vivos, sendo que as reações anabólicas são aquelas sintetizam novos compostos (moléculas mais complexas) a partir de moléculas simples, com consumo de ATP. Como exemplos, menciona-se a síntese de proteínas, ácidos graxos, hormônios, entre outros.

O catabolismo refere-se às reações de decomposição ou degradação. Em outras palavras, o catabolismo corresponde à capacidade que o organismo possui de transformar uma substância em outra que sirva para seu desenvolvimento ou reparação. Nesse contexto, é interessante salientar que as reações catabólicas geram uma considerável quantidade de energia livre sob a forma de ATP, a partir da decomposição ou degradação de moléculas mais complexas, ou seja, para conseguir energia, é necessário que ocorra “quebra” de uma substância. Para exemplificar esse processo, menciona-se a “quebra” das proteínas do tecido muscular que acontece para a obtenção de energia.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas