A maior rede de estudos do Brasil

Quais as principais transformações que ocorrem no corpo de uma criança até 2 anos de idade ?

Sociologia

Eeef E Med Professor Raul Cordula


8 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

O desenvolvimento do ser humano é dado de forma exponencial e estabiliza ao longo do tempo, sendo os primeiros anos marcantes para o crescimento da criança.

O crescimento físico, o desenvolvimento do cérebro e consequente desenvolvimento das funções motoras, racionais, emocionais e cognitivas se dão intensamente até os dois anos, tendo momentos marcantes nessa faixa de idade, como primeiros passos ou primeiras palavras.

Portanto, até os 2 anos de idade, a criança desenvolve principalmente a parte mental, relacionado ao cérebro, que tem como consequência a parte motora, cognitiva, entre outros, além da parte física propriamente dita.

O desenvolvimento do ser humano é dado de forma exponencial e estabiliza ao longo do tempo, sendo os primeiros anos marcantes para o crescimento da criança.

O crescimento físico, o desenvolvimento do cérebro e consequente desenvolvimento das funções motoras, racionais, emocionais e cognitivas se dão intensamente até os dois anos, tendo momentos marcantes nessa faixa de idade, como primeiros passos ou primeiras palavras.

Portanto, até os 2 anos de idade, a criança desenvolve principalmente a parte mental, relacionado ao cérebro, que tem como consequência a parte motora, cognitiva, entre outros, além da parte física propriamente dita.

User badge image

Gabriele Rodrigues

Há mais de um mês

Após o nascimento ocorrem quatro principais tipos de crescimento nos diferentes órgãos e tecidos, sendo o primeiro o crescimento geral somático que se refere às dimensões externas; o segundo é o crescimento neural que atua em órgãos como cérebro, cerebelo, aparelho ocular; o terceiro é o crescimento genital, testículos, ovários, vesículas seminais, próstata, útero, e anexos, e o quarto que se refere ao crescimento linfoide, como o timo, gânglios linfáticos e outros órgãos linfoides (MARCONDES, 1994).

O cérebro, cerebelo e estruturas afins, aparelho ocular, perímetro cefálico, este tipo de crescimento caracteriza-se por uma intensa velocidade nos dois primeiros anos de vida: o perímetro cefálico aumenta cerca de 20 cm do nascimento aos 18 anos, dos quais 50% nos primeiros seis meses de vida e 75% até os dois anos de idade.

Todas as estruturas em fase de intenso crescimento são mais vulneráveis aos agravos de um modo geral: é o caso do Sistema Nervoso Central. Nos dois primeiros anos de vida, está mais sujeito às agressões do que em qualquer outra fase da vida.

O corpo como um todo, dimensões externas (com exceção da cabeça e pescoço), tecidos muscular e ósseo, volume sanguíneo, órgãos dos aparelhos respiratórios, circular e digestivo, rins e baço. Este tipo de crescimento pode ser representado pelas curvas de peso e estatura, que apresentam o aspecto geral de uma letra “S”, com dois períodos de maior velocidade no crescimento extrauterino (0 a dois anos e por ocasião da puberdade), com incrementos anuais decrescentes no primeiro período e crescente no segundo período. Entre esses dois períodos, outro com incrementos anuais constantes.

Os testículos, ovários, epidídimo, vesículas seminais, próstata, útero e anexos. Estas estruturas permanecem descansando durante os primeiros oito a dez anos de vida, para então apresentar um crescimento acelerado, dentro das transformações físicas que correspondem à puberdade.

O timo, gânglios linfáticos, amígdalas, adenoides, folículos linfoides intestinais. É o único tipo de crescimento que apresenta um processo de involução enquanto as demais estruturas ainda estão em fase de franco crescimento.

As diversas partes do corpo apresentam diferentes ritmos de crescimento

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas