A maior rede de estudos do Brasil

quais sao as vias de aporte, perda e distribuição de ferro ? como e reciclado quando os eritrocitos sao destruidos

Fisiologia I

Biológicas / Saúde


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

É chamado hemocaterese o fenomeno normal da remoção de eritrócitos no nível caminho degeneração do baço e do fígado e, para uma menor extensão, em medula óssea vermelha. Os glóbulos vermelhos do sangue têm uma meia - vida de 120 dias e, à medida que envelhecem, são destruídas por um processo de apoptose ou morte celular programada.

Após a fagocitose dos glóbulos vermelhos por macrófagos, a hemoglobina é reciclada. A porção de globina da hemoglobina é separada do grupo heme e decomposta em aminoácidos que podem ser reutilizados para a síntese de proteínas. A porção de heme é decomposta em ferro e bilirrubina. Ferritina e hemossiderina são formas de armazenamento de ferro, localizadas principalmente em fibras musculares, hepatócitos e macrófagosdo baço e do fígado. O ferro é transportado por transferrina para a medula óssea, onde precursores de eritrócitos o capturam para uso na produção de novas moléculas de hemoglobina.

É chamado hemocaterese o fenomeno normal da remoção de eritrócitos no nível caminho degeneração do baço e do fígado e, para uma menor extensão, em medula óssea vermelha. Os glóbulos vermelhos do sangue têm uma meia - vida de 120 dias e, à medida que envelhecem, são destruídas por um processo de apoptose ou morte celular programada.

Após a fagocitose dos glóbulos vermelhos por macrófagos, a hemoglobina é reciclada. A porção de globina da hemoglobina é separada do grupo heme e decomposta em aminoácidos que podem ser reutilizados para a síntese de proteínas. A porção de heme é decomposta em ferro e bilirrubina. Ferritina e hemossiderina são formas de armazenamento de ferro, localizadas principalmente em fibras musculares, hepatócitos e macrófagosdo baço e do fígado. O ferro é transportado por transferrina para a medula óssea, onde precursores de eritrócitos o capturam para uso na produção de novas moléculas de hemoglobina.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas