A maior rede de estudos do Brasil

o que é competência e desempenho de Chomsky?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Ele propôs gramática generativa, uma disciplina que colocou a sintaxe no centro da pesquisa linguística. Com isso, ele mudou a perspectiva, os programas e métodos de pesquisa no estudo da linguagem. Sua lingüística é uma teoria da aquisição individual de linguagem e tenta explicar as estruturas e os princípios mais profundos da linguagem. Ele postulou um aspecto bem definido do inatismo na aquisição da linguagem e na autonomia da gramática (sobre outros sistemas cognitivos), bem como na existência de um "órgão da linguagem" e uma gramática universal.

Ele se opôs fortemente ao empirismo filosófico e científico e ao funcionalismo, a favor do racionalismo cartesiano. Todas essas idéias colidiram frontalmente com as tradicionais das ciências humanas, que criaram múltiplas adesões, críticas e controvérsias que o transformaram em um dos autores mais citados.

Ele enfatiza sua contribuição para o estabelecimento de ciências cognitivas com base em sua crítica ao behaviorismo de Skinner e às gramáticas de estados finitos, que questionaram o método baseado no comportamento do estudo da mente e da linguagem que dominava o mundo nos anos cinquenta.

Ele propôs gramática generativa, uma disciplina que colocou a sintaxe no centro da pesquisa linguística. Com isso, ele mudou a perspectiva, os programas e métodos de pesquisa no estudo da linguagem. Sua lingüística é uma teoria da aquisição individual de linguagem e tenta explicar as estruturas e os princípios mais profundos da linguagem. Ele postulou um aspecto bem definido do inatismo na aquisição da linguagem e na autonomia da gramática (sobre outros sistemas cognitivos), bem como na existência de um "órgão da linguagem" e uma gramática universal.

Ele se opôs fortemente ao empirismo filosófico e científico e ao funcionalismo, a favor do racionalismo cartesiano. Todas essas idéias colidiram frontalmente com as tradicionais das ciências humanas, que criaram múltiplas adesões, críticas e controvérsias que o transformaram em um dos autores mais citados.

Ele enfatiza sua contribuição para o estabelecimento de ciências cognitivas com base em sua crítica ao behaviorismo de Skinner e às gramáticas de estados finitos, que questionaram o método baseado no comportamento do estudo da mente e da linguagem que dominava o mundo nos anos cinquenta.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas