A maior rede de estudos do Brasil

Qual o papel dos neurotransmissores na atividade sináptica? Cite alguns neurotransmissores e suas vias sintéticas.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Um neurotransmissor é uma biomolécula permitindo neurotransmissão, isto é, a transmissão de informação a partir de um neurónio (um tipo de célula do sistema nervoso ) para outro neurónio, uma célula muscular ou glândula, através das sinapses que os separa. O neurotransmissor é liberado das vesículas sinápticas no membro do neurônio pré-sináptico, em direção à sinapse, atravessa o espaço sináptico e atua sobre os receptores celularesespecífico para a célula de destino.

Dependendo do tipo de receptor, os neurônios pós-sinápticos são estimulados (excitados) ou desencorajados (inibidos). Cada neurônio se comunica com muitos outros ao mesmo tempo. Como um neurônio pode enviar um estímulo ou não, seu comportamento é sempre baseado no equilíbrio de influências que o excitam ou o inibem a qualquer momento. Os neurônios são capazes de enviar estímulos várias vezes por segundo. Quando um impulso nervoso chega ao final dos axônios, ocorre uma descarga do neurotransmissor na fenda sináptica, que é capturada pelos receptores específicos localizados na membrana celular pós-sináptica, o que causa despolarização nisso e, consequentemente.

Um neurotransmissor é uma biomolécula permitindo neurotransmissão, isto é, a transmissão de informação a partir de um neurónio (um tipo de célula do sistema nervoso ) para outro neurónio, uma célula muscular ou glândula, através das sinapses que os separa. O neurotransmissor é liberado das vesículas sinápticas no membro do neurônio pré-sináptico, em direção à sinapse, atravessa o espaço sináptico e atua sobre os receptores celularesespecífico para a célula de destino.

Dependendo do tipo de receptor, os neurônios pós-sinápticos são estimulados (excitados) ou desencorajados (inibidos). Cada neurônio se comunica com muitos outros ao mesmo tempo. Como um neurônio pode enviar um estímulo ou não, seu comportamento é sempre baseado no equilíbrio de influências que o excitam ou o inibem a qualquer momento. Os neurônios são capazes de enviar estímulos várias vezes por segundo. Quando um impulso nervoso chega ao final dos axônios, ocorre uma descarga do neurotransmissor na fenda sináptica, que é capturada pelos receptores específicos localizados na membrana celular pós-sináptica, o que causa despolarização nisso e, consequentemente.

User badge image

Mayara Campos

Há mais de um mês

O papel dos neurotransmissores é propagar o impulso elétrico ( despolarização da membrana) até chegar em outro neurônio ou nas terminações nervosas que vão inervar o músculo efetor.
Exemplos:
Acetilcolina.
Adrenalina.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas