A maior rede de estudos do Brasil

mudanças de comportamento nas taxas de reprovação

Pedagogia

UNOPAR


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Sabe-se que quando se trata de educação o Brasil não possui bons números, o que indica que o ensino e o desenvolvimento de crianças e adolescentes não é o ideal e pode ser muito aprimorado. As taxas de reprovação, por exemplo, são bem altas e as recentes pesquisas mostram que se antes os alunos reprovavam com mais frequência durante os primeiros anos escolares, agora esta taxa aparece com mais intensidade nos últimos anos.

Essa mundança de comportamento em relação à taxa de reprovação tem como causa principalmente a política estatal de tentar não reprovar os alunos, fazendo vista grossa para as notáveis necessidades e dificuldades destes alunos e os aprovando mesmo assim, o que leva o aluno a ter dificuldades em todos outros ciclos.

Sabe-se que quando se trata de educação o Brasil não possui bons números, o que indica que o ensino e o desenvolvimento de crianças e adolescentes não é o ideal e pode ser muito aprimorado. As taxas de reprovação, por exemplo, são bem altas e as recentes pesquisas mostram que se antes os alunos reprovavam com mais frequência durante os primeiros anos escolares, agora esta taxa aparece com mais intensidade nos últimos anos.

Essa mundança de comportamento em relação à taxa de reprovação tem como causa principalmente a política estatal de tentar não reprovar os alunos, fazendo vista grossa para as notáveis necessidades e dificuldades destes alunos e os aprovando mesmo assim, o que leva o aluno a ter dificuldades em todos outros ciclos.

User badge image

Danielle Onório Campos

Há mais de um mês

Cabe aos professores o zelo por um bom planejamento escolar que possam atender às necessidades de aprendizagem dos alunos.


 Além de participar da elaboração, é importante também que os professores participem da execução desse projeto político pedagógico do estabelecimento de ensino.


Além disso, não deve ser responsabilidade da família a seleção dos conteúdos a serem estudados na escola, e, as atividades burocráticas não são de responsabilidade dos professores

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas