A maior rede de estudos do Brasil

quais as funções das proteínas acessórias e de proteínas motoras associadas ao citoesqueleto? Cite exemplos.


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As células, unidades básicas de todos os seres vivos, são constituídas por diversas estruturas, organelas e o material genético. Uma dessas estruturas é o citoesqueleto localizado no citoplasma de células de eucariotos.

Essa estrutura é constituída de microfilamentos e microtúbulos de proteínas que, devido a sua rigidez, oferecem resistência e dão forma às células. Algumas das proteínas que estão associadas ao citoesqueleto são as proteínas acessórias e motoras. As acessórias atuam interligando os feixes de filamentos intermediários, filamentos mais finos, para formar arranjos fortes e estáveis. Já as motoras atuam no transporte de organelas, vesículas e outros componentes celulares com a utilização de energia. Como exemplos dessas proteínas, temos a plectina para as acessórias e a dineína para as motoras.

Portanto, as proteínas acessórias, como a plectina, atuam na interligação dos filamentos intermediários para formar arranjos fortes e estáveis, enquanto as proteínas motoras, como a dineína, atuam no transporte de componentes celulares com o uso de energia.

As células, unidades básicas de todos os seres vivos, são constituídas por diversas estruturas, organelas e o material genético. Uma dessas estruturas é o citoesqueleto localizado no citoplasma de células de eucariotos.

Essa estrutura é constituída de microfilamentos e microtúbulos de proteínas que, devido a sua rigidez, oferecem resistência e dão forma às células. Algumas das proteínas que estão associadas ao citoesqueleto são as proteínas acessórias e motoras. As acessórias atuam interligando os feixes de filamentos intermediários, filamentos mais finos, para formar arranjos fortes e estáveis. Já as motoras atuam no transporte de organelas, vesículas e outros componentes celulares com a utilização de energia. Como exemplos dessas proteínas, temos a plectina para as acessórias e a dineína para as motoras.

Portanto, as proteínas acessórias, como a plectina, atuam na interligação dos filamentos intermediários para formar arranjos fortes e estáveis, enquanto as proteínas motoras, como a dineína, atuam no transporte de componentes celulares com o uso de energia.

User badge image

Joao Lucas Lucas

Há mais de um mês

Filamentos de Actina 

Microtúbulos

Proteínas motoras

 

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas