A maior rede de estudos do Brasil

A legislação ao instituir as Arras prevê em caso de desfazimento de negócios ?

Concursos

Humanas / Sociais


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Em todas as hipóteses, a parte inocente tem o direito de pedir indenização suplementar, se provar maior prejuízo, valendo as arras como taxa mínima.

Se tratando de arras penitenciais, temos a permissão da pactuação da cláusula de arrependimento. Previsto tal direito, a entrega de quantia em dinheiro ou qualquer outro bem móvel, a título de arras, tem por função a garantia de tal prerrogativa.

É importante enfatizar que para a jurista, as arras penitenciais são uma indenização por perdas e danos “pré-fixada”, de modo que excluiriam qualquer indenização suplementar. Para estas arras a jurista deve conferir a mesma destinação da convenção penal.

Em todas as hipóteses, a parte inocente tem o direito de pedir indenização suplementar, se provar maior prejuízo, valendo as arras como taxa mínima.

Se tratando de arras penitenciais, temos a permissão da pactuação da cláusula de arrependimento. Previsto tal direito, a entrega de quantia em dinheiro ou qualquer outro bem móvel, a título de arras, tem por função a garantia de tal prerrogativa.

É importante enfatizar que para a jurista, as arras penitenciais são uma indenização por perdas e danos “pré-fixada”, de modo que excluiriam qualquer indenização suplementar. Para estas arras a jurista deve conferir a mesma destinação da convenção penal.

User badge image

Levi Palmeira

Há mais de um mês

a parte inocente pode pedir indenização suplementar, se provar maior prejuízo, valendo as arras como taxa mínima;

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas