A maior rede de estudos do Brasil

A regra básica da concordância estabelece que o verbo deve concordar com o sujeito. Em uma das sentenças a seguir, essa regra foi aplicada ?

adequadamente. Aponte-a.

a) veio da direção as novas propostas para o regimento da escola.

b)faltam aos pais o tempo para ir às reuniões da escola.

c) ainda persistem no ar os efeitos do vazamento do gás.

d) existem diferentes maneiras de resolver esses problemas.

e) apresentaram problemas o gabarito da questão proposta.

Português

ESTÁCIO


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A letra a) está errada porque o verbo “veio” não combina com o sujeito “novas propostas”.

A letra b) está errada porque o verbo “faltam” não combina com o sujeito “o tempo”, que está no singular.

A letra c) está errada porque o verbo “persistir” deveria estar no singular para concordar com o sujeito da frase.

A letra d) esta correta, já que o verbo “existem” está concordando com o sujeito “diferentes maneiras”.

A letra e) está errada porque o sujeito é “gabarito” e, como está no singular, não concorda com “apresentaram”.

Portanto, temos que apenas a alternativa d) msotra o uso correto da concordância.

A letra a) está errada porque o verbo “veio” não combina com o sujeito “novas propostas”.

A letra b) está errada porque o verbo “faltam” não combina com o sujeito “o tempo”, que está no singular.

A letra c) está errada porque o verbo “persistir” deveria estar no singular para concordar com o sujeito da frase.

A letra d) esta correta, já que o verbo “existem” está concordando com o sujeito “diferentes maneiras”.

A letra e) está errada porque o sujeito é “gabarito” e, como está no singular, não concorda com “apresentaram”.

Portanto, temos que apenas a alternativa d) msotra o uso correto da concordância.

User badge image

Régis Peixoto

Há mais de um mês

a) veio da direção as novas propostas para o regimento da escola

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas