A maior rede de estudos do Brasil

Qual a influencia das psicologias na religião?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Enquanto as religiões são muito antigas e milenares, a psicologia enquanto ciência só foi florescer no século XX quando a subjetividade é definida como o objeto de estudo desta área, surgindo assim a prática da psicologia clínica e investigativa.

Entretanto, sabemos que com a investigação cada ves mais desenvolvida da mente humana e dos comportamentos do ser humano dentro das sociedade, as religiões acabam se servindo destas informações e adequando seus rituais e pregações para que eles sejam efetivos e práticos, suprindo as necessidades psicológicas das pessoas e fazendo com que elas se sintam dentro de uma comunidade que as acolham e as respeitem.

Enquanto as religiões são muito antigas e milenares, a psicologia enquanto ciência só foi florescer no século XX quando a subjetividade é definida como o objeto de estudo desta área, surgindo assim a prática da psicologia clínica e investigativa.

Entretanto, sabemos que com a investigação cada ves mais desenvolvida da mente humana e dos comportamentos do ser humano dentro das sociedade, as religiões acabam se servindo destas informações e adequando seus rituais e pregações para que eles sejam efetivos e práticos, suprindo as necessidades psicológicas das pessoas e fazendo com que elas se sintam dentro de uma comunidade que as acolham e as respeitem.

User badge image

Josiane Matos

Há mais de um mês

Indiscutivelmente, nada de humano é alheio à Psicologia: arte, economia, trabalho, relações internacionais, religião. Entre a Psicologia e cada um desses temas estabelece-se uma rede de trocas mútuas, cujo resultado provável é um enriquecimento de ambos os interlocutores e uma modificação de cada um deles. Nesse sentido, Psicologia e Religião têm, também na pesquisa científica, um ponto de encontro: enfoque dado se fecundam em reciprocidade. Como Religião continua sendo uma das dimensões mais co-extensivas ao homem, constitui-se num objeto legítimo da pesquisa em Psicologia.

User badge image

Nataniel Silva

Há mais de um mês

Acredito que cada uma traz suas concepções e ambas podem se contribuir no sentido do crescimento e fortalecimento humano, tendo como principio sempre o respeito para/com a subjetividade do sujeito, sua cultura, crenças.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas