A maior rede de estudos do Brasil

ACERCA DE FACTORING QUAL SERA A OPÇÃO CERTA


2 resposta(s)

User badge image

Mônica Nayara

Há mais de um mês

A factoring provê liquidez a empresas que necessitam de saldo para realizar compromissos financeiros de curto prazo. O termo “factoring” é a nomenclatura utilizada para definir um método de incentivo às atividades comerciais, que visa alavancar micro, pequenos e médios empreendimentos.

Por meio dele, instituições comerciais adquirem créditos das vendas realizadas a prazo por uma determinada empresa e disponibilizam o valor à vista para que ela pague suas contas.

Dessa forma, a factoring adianta as receitas, contribuindo para o aumento de liquidez e o poder de negociação, por exemplo, de quem vendeu suas mercadorias ou serviços mas só receberia por eles em um prazo maior.

  • No entanto, factoring não é uma modalidade de empréstimo. Ele antecipa o dinheiro em troca dos direitos pela venda da empresa como garantia. Com base nisso, existem diferentes tipos de factoring que são praticados. Os principais são:o factoring convencional — que diz respeito à aquisição de direitos de crédito de uma empresa, na qual a factoring fornece um valor à vista e o recebe a prazo;
  • o factoring de matéria-prima — que é o pagamento de fornecedores à vista, pela factoring, para receber apenas quando o empreendimento faturar com a produção;
  • o factoring trustee — que se trata da aquisição de direitos de crédito, na qual a factoring assume a administração da cobrança e a gestão do fluxo de caixa;
  • o factoring de exportação — que é a intermediação de duas factorings, de nacionalidades diferentes, que defendem os direitos das empresas em processos de exportação.​

​De acordo com um texto publicado pelo SEBRAE, os principais objetivos da criação do factoring são:

  • reunir as empresas que desempenham a atividade do fomento mercantil;
  • valorizar e divulgar essa atividade como uma forma de promover desenvolvimento;
  • defender os interesses do incentivo comercial;​
  • estimular o desenvolvimento tecnológico do factoring para pequenas e médias empresas;
  • firmar parcerias com base em interesses comuns;
  • preservar a atividade mercantil e as empresas associadas.


A factoring provê liquidez a empresas que necessitam de saldo para realizar compromissos financeiros de curto prazo. O termo “factoring” é a nomenclatura utilizada para definir um método de incentivo às atividades comerciais, que visa alavancar micro, pequenos e médios empreendimentos.

Por meio dele, instituições comerciais adquirem créditos das vendas realizadas a prazo por uma determinada empresa e disponibilizam o valor à vista para que ela pague suas contas.

Dessa forma, a factoring adianta as receitas, contribuindo para o aumento de liquidez e o poder de negociação, por exemplo, de quem vendeu suas mercadorias ou serviços mas só receberia por eles em um prazo maior.

  • No entanto, factoring não é uma modalidade de empréstimo. Ele antecipa o dinheiro em troca dos direitos pela venda da empresa como garantia. Com base nisso, existem diferentes tipos de factoring que são praticados. Os principais são:o factoring convencional — que diz respeito à aquisição de direitos de crédito de uma empresa, na qual a factoring fornece um valor à vista e o recebe a prazo;
  • o factoring de matéria-prima — que é o pagamento de fornecedores à vista, pela factoring, para receber apenas quando o empreendimento faturar com a produção;
  • o factoring trustee — que se trata da aquisição de direitos de crédito, na qual a factoring assume a administração da cobrança e a gestão do fluxo de caixa;
  • o factoring de exportação — que é a intermediação de duas factorings, de nacionalidades diferentes, que defendem os direitos das empresas em processos de exportação.​

​De acordo com um texto publicado pelo SEBRAE, os principais objetivos da criação do factoring são:

  • reunir as empresas que desempenham a atividade do fomento mercantil;
  • valorizar e divulgar essa atividade como uma forma de promover desenvolvimento;
  • defender os interesses do incentivo comercial;​
  • estimular o desenvolvimento tecnológico do factoring para pequenas e médias empresas;
  • firmar parcerias com base em interesses comuns;
  • preservar a atividade mercantil e as empresas associadas.


User badge image

Mônica Nayara

Há mais de um mês

A operação de factoring é uma atividade comercial mista atípica, que engloba serviços e compra de

créditos (direitos creditórios) resultantes de vendas mercantis. O factoring, como

fomento mercantil, expande os ativos de seus clientes, aumentando-lhes as

vendas e eliminando endividamento, transformando vendas a prazo em vendas à

vista.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes