A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença entre erro e o dolo? E qual são os fundamentos no código Cível


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Erro é definido como um ato que não necessita de terceiros para ocorrer. Sendo assim, ocorre sem ninguém induzindo, e além disso, ele quem tem na realidade uma noção falsa sobre determinado objeto.

O erro costuma se dividir em acidental, que é o erro sobre qualidade secundária da pessoa ou objeto, que não vicia o ato jurídico, pois não incide sobre a declaração de vontade, e o erro essencial, que diz respeito à natureza do próprio ato e incide sobre as circunstâncias e os aspectos principais do negócio jurídico.

Por sua vez, o dolo caracteriza-se como sendo o meio empregado para enganar alguém. Ocorre o dolo no momento em que um sujeito é induzido por outra pessoa a erro.

Erro é definido como um ato que não necessita de terceiros para ocorrer. Sendo assim, ocorre sem ninguém induzindo, e além disso, ele quem tem na realidade uma noção falsa sobre determinado objeto.

O erro costuma se dividir em acidental, que é o erro sobre qualidade secundária da pessoa ou objeto, que não vicia o ato jurídico, pois não incide sobre a declaração de vontade, e o erro essencial, que diz respeito à natureza do próprio ato e incide sobre as circunstâncias e os aspectos principais do negócio jurídico.

Por sua vez, o dolo caracteriza-se como sendo o meio empregado para enganar alguém. Ocorre o dolo no momento em que um sujeito é induzido por outra pessoa a erro.

User badge image

Letícia

Há mais de um mês

O erro, o dolo, a coação, o estado de perigo e a lesão;
Dolo: meio empregado para enganar alguém.
Erro: dividido em acidental, essencial e substancial.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas