DIREITO DE POSSE N4 FMU

PERGUNTA 1
Os deveres dos condôminos são elencados de modo taxativo no art. 1336, caput, I a IV, do Código Civil. Desta forma, sobre os deveres dos condôminos, assinale a alternativa correta.

(  )Não realizar obras que comprometam o sossego dos moradores da edificação.
(  )Não alterar a forma da fachada, das partes e esquadrias externas, sendo permitida a alteração da cor.
(  )Contribuir para as despesas do condomínio na proporção das suas frações ideais, salvo disposição em contrário na convenção.
(  )Dar às suas partes a destinação que lhe aprouver, compatível com a da edificação.
(  )Votar nas deliberações da assembleia e delas participar, estando quite.

PERGUNTA 2
“Por influência de Teixeira de Freitas e Lafayette, o Código Civil de 1916, com a finalidade de melhor garantir a propriedade imóvel, passou a exigir, para a transferência do domínio, que o acordo de vontades se complete pelo registro. Tal sistema foi mantido no diploma de 2002, cujo art. 1245 proclama: ‘Transfere-se entre vivos a propriedade mediante o registro do título translativo no Registro de Imóveis’”. (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro. 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 327). 
A respeito dos princípios registrais imobiliários, assinale a alternativa correta.

(  )Somente se admite o registro de um título se a pessoa que nele aparece como alienante é a mesma que figura no registro como o seu proprietário.
(  )O registro confere publicidade às transações imobiliárias, valendo entre as partes.
(  )Os registros têm força probante, pois gozam da presunção absoluta de veracidade.
(  )O registro deve ser feito no cartório de registro de imóveis do domicílio do proprietário.
(  )A prenotação assegura a preferência do registro.     

PERGUNTA 3
“Na dicção de Washington de Barros Monteiro 493, constitui o direito de propriedade o mais importante e o mais sólido de todos os direitos subjetivos, o direito real por excelência, o eixo em torno do qual gravita o direito das coisas”. (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro. 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 240). 
Em relação à propriedade, é correto afirmar que:

(  )a propriedade imóvel é transferida com a entrega das chaves;
(  )a propriedade imóvel é transferida apenas por escritura pública registrada em cartório;
(  )em regra, os frutos, ainda quando separados, pertencem ao proprietário da coisa;
(  )apenas a tradição real transfere a propriedade do bem móvel;
(  )o proprietário tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais ao seu sossego, ainda que justificadas pelo interesse público.

PERGUNTA 4
Como bem esclarece Washington de Barros Monteiro, “os direitos de vizinhança constituem limitações impostas pela boa convivência social, que se inspira na lealdade e na boa-fé. A propriedade deve ser usada de tal maneira que se torne possível a coexistência social. Se assim não se procedesse, se os proprietários pudessem invocar uns contra os outros seu direito absoluto e ilimitado, não poderiam praticar qualquer direito, pois as propriedades se aniquilariam no entrechoque de suas várias faculdades.” (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro . 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 387). 
Sobre o tema acima, reflita sobre as afirmativas a seguir. 
 
I – O incômodo tolerável é admitido. 
II – Diante da impossibilidade de reduzir o incomodo a níveis toleráveis, caberá ao vizinho requerer a paralisação da atividade causadora.
III – Qualquer atividade causadora de incomodo será cessada.
 
Agora assinale a alternativa que traz as afirmativas corretas.
(  )II e III.
(  )I e III.
(  )II, apenas.
(  )I, apenas.
(  )I e II.

PERGUNTA 5
O art. 1277 do Código Civil prescreve que “o proprietário ou o possuidor de um prédio tem o direito de fazer cessar as interferências prejudiciais à segurança, ao sossego e à saúde dos que o habitam, provocadas pela utilização de propriedade vizinha.” 
Assim, considerando os bens tutelados pelo dispositivo legal acima, assinale a alternativa correta.

(  )Os proprietários de um prédio podem impedir que prostitutas morem nos apartamentos, mesmo que não perturbem o sossego dos outros moradores.
(  )A instalação de uma fábrica de explosivos não ofende nenhum dos bens tutelados, pois de interesse social.
(  )O uso anormal da propriedade é determinado pelo dano causado ao proprietário lesado.
(  )A teoria da pré-ocupação preceitua que quem primeiro se instala em um local determina a sua destinação.
(  )Todo e qualquer incômodo enseja a possibilidade de ação cominatória.  

PERGUNTA 6
Com o propósito de impedir que a propriedade particular seja devassada pelo vizinho, proíbe a lei que este construa de modo a perturbar o recato e a privacidade familiar do confrontante (art. 1301, do Código Civil). 
Assim, considerando o exposto, assinale a alternativa correta.

(  )As janelas cuja visão incida sobre a linha divisória, bem como as perpendiculares, não poderão ser abertas a menos de sessenta e cinco centímetros.
(  )Em se tratando de vãos, ou aberturas para luz, dependendo da quantidade, altura e disposição, o vizinho poderá, a todo tempo, levantar a sua edificação, ou contramuro, ainda que lhes vede a claridade.
(  )É proibido abrir janelas, ou fazer eirado, terraço ou varanda, a menos de metro e meio do terreno vizinho.
(  )Não serão admitidas as aberturas para luz ou ventilação, não maiores de dez centímetros de largura sobre vinte de comprimento e construídas a mais de dois metros de altura de cada piso.
(  )O proprietário pode, no lapso de mais de ano e dia após a conclusão da obra, exigir que se desfaça janela, sacada, terraço ou goteira sobre o seu prédio.

PERGUNTA 7
“O primeiro diploma a tratar do condomínio edilício ou em edificações, também chamado de horizontal, foi o Decreto-Lei n. 5481, de 25 de junho de 1928, que regulou a matéria, no entanto, de forma muito tímida e foi posteriormente modificado pelo Decreto-Lei n. 5234, de 8 de fevereiro de 1943, e pela Lei n. 285, de 5 de junho de 1948 825. Posteriormente o assunto passou a ser regido pela Lei n. 4591, de 16 de dezembro de 1964, com as alterações da Lei n. 4864, de 29 de novembro de 1965. O Código Civil de 2002, apesar de expressa remissão à lei especial, que continua em vigor, contém dispositivos regrando os direitos e deveres dos condôminos, bem como a competência das assembleias e dos síndicos. Nesses assuntos, a referida Lei n. 4591, de 1964, aplica-se apenas subsidiariamente”. GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro. 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 441). 
Em relação ao condomínio edilício, é correto afirmar que:

(  )a realização de obras, em partes comuns, em acréscimo às já existentes, a fim de lhes facilitar ou aumentar a utilização, depende da aprovação de dois terços dos votos dos condôminos, não sendo permitidas construções, nas partes comuns, suscetíveis de prejudicar a utilização, por qualquer dos condôminos, das partes próprias, ou comuns;
(  )a realização de obras voluptuárias no condomínio depende de voto de um terço dos condôminos;
(  )A construção de outro pavimento, ou, no solo comum, de outro edifício, destinado a conter novas unidades imobiliárias, depende da aprovação de dois terços dos condôminos;
(  )O adquirente de unidade não responde pelos débitos do alienante, em relação ao condomínio, inclusive multas e juros moratórios;
(  )O condômino que não pagar a sua contribuição ficará sujeito aos juros moratórios convencionados ou, não sendo previstos, os de 10% ao mês e multa de até dois por cento sobre o débito.

PERGUNTA 8
“A incorporação é economicamente um empreendimento que consiste em obter o capital necessário à construção do edifício, geralmente mediante a venda, por antecipação, dos apartamentos de que se constituirá.” (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro. 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 444). 
No que concerne a incorporação imobiliária, assinale a opção correta.

(  )A incorporação imobiliária é uma atividade vedada pela lei brasileira.
(  )Trata-se de negócio jurídico de constituição da propriedade horizontal.
(  )O incorporador é o sujeito que doa o terreno para a construção das unidades.
(  )Trata-se de instituto decorrente da regulamentação fundiária.
(  )O incorporador é a pessoa jurídica proprietária do terreno onde serão construídas as unidades. 

PERGUNTA 9
“As regras que constituem o direito de vizinhança destinam-se a evitar conflitos de interesses entre proprietários de prédios contíguos. Têm sempre em mira a necessidade de conciliar o exercício do direito de propriedade com as relações de vizinhança, uma vez que sempre é possível o advento de conflitos entre os confinantes.” (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro . 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 386).
Diante do exposto, analise as assertivas abaixo. 

I – São espécies de servidões. 
II – São obrigações propter rem .
III – São direitos que decorrem da própria lei. 

Agora, assinale a alternativa que traz as afirmativas corretas.
(  )II e III.
(  )III, apenas.
(  )I e III.
(  )I, apenas.
(  )I e II.

PERGUNTA 10
“O Código Civil repete algumas normas já constantes do Código de Águas, como a que obriga o proprietário a edificar de maneira que o beiral de seu telhado não despeje água sobre o prédio vizinho.” (GONÇALVES, C. R. Direito Civil brasileiro. 12. ed. São Paulo: Saraiva, 2017, p. 417). 
Deste modo, considerando as demais normas atinentes ao tema, assinale a alternativa correta.

(  )O dono ou o possuidor do prédio inferior é obrigado a receber as águas que correm naturalmente do superior, não podendo realizar obras que embaracem o seu fluxo; porém a condição natural e anterior do prédio inferior não pode ser agravada por obras feitas pelo dono ou possuidor do prédio superior.
(  )O detentor do imóvel superior não poderá poluir as águas indispensáveis às primeiras necessidades da vida dos detentores dos imóveis inferiores; as demais, que poluir, deverá recuperar, ressarcindo os danos que estes sofrerem, se não for possível a recuperação ou o desvio do curso artificial das águas.
(  )O comodatário tem direito de construir barragens, açudes, ou outras obras para represamento de água no prédio; se as águas represadas invadirem prédio alheio, será o seu proprietário indenizado pelo dano sofrido, deduzido o valor do benefício obtido.
(  )O aqueduto impedirá que os proprietários cerquem os imóveis e construam sobre ele.
(  )Os proprietários dos imóveis poderão usar das águas do aqueduto para as primeiras necessidades da vida e comércio.
 

#FMU
#Direito+
#direitodeposse
Disciplina:Como Um dos Efeitos da Posse, O Possuidor de Má-fé Tem Direito1.519 materiais

Ainda não existe resposta para essa pergunta.
Cadastre-se e tire a dúvida de outros estudantes