A maior rede de estudos do Brasil

como funciona a meiose?

Fisiologia Humana I

Colégio Classe A


6 resposta(s)

User badge image

Talita

Há mais de um mês

Olá Maria.

A meiose é diferente da mitose, principalmente na questão do número de cromossomos e número de divisões celulares. A meiose é um tipo de divisão celular que encontramos apenas nas células das gônadas (órgão sexuais), tanto masculina quanto feminina. Classificamos a meiose como REDUCIONAL, porque o número de cromossomos no final do processo estará pela metade (n=23), justamente para quando o gameta feminino e o masculino se encontrarem na fecundação, juntarem seus cromossomos e resultar . A meiose é divida em 4 etapas básicas na Meiose I e na Meiose II e funciona do seguinte jeito:

1) Na primeira etapa denominada de Prófase I, o envoltório nuclear (ou carioteca) e o nucléolo se desfazem da célula se desfazem. No núcleo, os cromossomos começam a se condensar, ou seja, a ficarem mais "grudadinhos" e as fibras se formam em volta dos centríolos. Nessa etapa aqui acontece o pareamento dos cromossomos homólogos e o chamado crossing-over, que é a troca de pedaços entre os cromossomos

2) A segunda etapa chamada de Metáfase I os cromossomos se posicionam mais ou menos no meio da célula (ou também chamada de região equatorial) e estão com a sua condensação máxima, e aqui as fibras do fuso já se ligam aos cromossomos para separá-los.

3) A terceira etapa chamada de Anáfase I acontece a separação dos cromossomos homólogos. Nessa etapa, a quantidade de material genético da célula reduz para a metade, por isso chamamos a meiose de REDUCIONAL.

4) A última fase chamada Telófase I os cromossomos já estão alinhados aos pólos da célula (ou seja, nos "cantinhos" da célula). Ocorre o que a gente chama de citocinese, que é a separação das duas células-filhas haploides (n)

As próximas 4 fases da Prófase II, Metáfase II, Anáfase II e Telófase II ocorrem da mesma maneira, mas é diferença é que agora na Anáfase II vai ocorrer a separação das CROMÁTIDES-IRMÃS, e não dos cromossomos homólogos como na Anáfase I. Essa imagem aqui demonstra bem todo o processo:

Espero ter ajudado!

Olá Maria.

A meiose é diferente da mitose, principalmente na questão do número de cromossomos e número de divisões celulares. A meiose é um tipo de divisão celular que encontramos apenas nas células das gônadas (órgão sexuais), tanto masculina quanto feminina. Classificamos a meiose como REDUCIONAL, porque o número de cromossomos no final do processo estará pela metade (n=23), justamente para quando o gameta feminino e o masculino se encontrarem na fecundação, juntarem seus cromossomos e resultar . A meiose é divida em 4 etapas básicas na Meiose I e na Meiose II e funciona do seguinte jeito:

1) Na primeira etapa denominada de Prófase I, o envoltório nuclear (ou carioteca) e o nucléolo se desfazem da célula se desfazem. No núcleo, os cromossomos começam a se condensar, ou seja, a ficarem mais "grudadinhos" e as fibras se formam em volta dos centríolos. Nessa etapa aqui acontece o pareamento dos cromossomos homólogos e o chamado crossing-over, que é a troca de pedaços entre os cromossomos

2) A segunda etapa chamada de Metáfase I os cromossomos se posicionam mais ou menos no meio da célula (ou também chamada de região equatorial) e estão com a sua condensação máxima, e aqui as fibras do fuso já se ligam aos cromossomos para separá-los.

3) A terceira etapa chamada de Anáfase I acontece a separação dos cromossomos homólogos. Nessa etapa, a quantidade de material genético da célula reduz para a metade, por isso chamamos a meiose de REDUCIONAL.

4) A última fase chamada Telófase I os cromossomos já estão alinhados aos pólos da célula (ou seja, nos "cantinhos" da célula). Ocorre o que a gente chama de citocinese, que é a separação das duas células-filhas haploides (n)

As próximas 4 fases da Prófase II, Metáfase II, Anáfase II e Telófase II ocorrem da mesma maneira, mas é diferença é que agora na Anáfase II vai ocorrer a separação das CROMÁTIDES-IRMÃS, e não dos cromossomos homólogos como na Anáfase I. Essa imagem aqui demonstra bem todo o processo:

Espero ter ajudado!

User badge image

Analice

Há mais de um mês

Meiose é o processo de divisão no qual uma célula diploide (2n) origina 4 células haploides (n), reduzindo os cromossomos da célula pela metade do número inicial. Tudo acontece por conta de uma única duplicação cromossômica, seguida de duas divisões nucleares: a meiose I e a meiose II. Em animais, por exemplo, o processo acontece nas gônadas e resulta na formação dos gametas (células reprodutivas). Tanto a etapa I quanto a etapa II, são divididas em 4 fases.

Meiose I

A meiose I divide-se em prófase I, metáfase I, anáfase I e telófase I. Veja o que acontece em cada uma das fases:

Prófase I: ocorre a condensação dos cromossomos; o desaparecimento da carioteca; o desaparecimento do nucléolo e a duplicação dos centríolos para os polos da célula. Além disso, é aqui que ocorre a troca de pedaços entre cromossomos homólogos (crossing-over). Por ser uma fase bastante extensa, ela foi subdividida em 5 etapas: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacenese.

Metáfase I: ocorre o pareamento dos cromossomos homólogos na região equatorial da célula.

Anáfase I: as fibras do fuso sofrem um encurtamento e os cromossomos homólogos são separados para os polos das células.

Telófase I: ocorre a divisão do citoplasma (citocinese), como resultado são originadas duas células haploides. Em algumas espécies os cromossomos podem voltar ao formato filamentosos e ocorrer novamente o reaparecimento do núcleo e da carioteca;

Recapitulando: Durante a meiose I, uma célula diploide divide-se em duas células-filhas haploides. Em alguns casos desse processos, partes das cromátides-irmãs dos cromossomos homólogos se quebram, ligando-se na mesma posição na outra cromátide. Esse processo é conhecido como crossing-over.

User badge image

Augusta

Há mais de um mês

Meiose é o processo de divisão no qual uma célula diploide (2n) origina 4 células haploides (n), reduzindo os cromossomos da célula pela metade do número inicial. Tudo acontece por conta de uma única duplicação cromossômica, seguida de duas divisões nucleares: a meiose I e a meiose II. Em animais, por exemplo, o processo acontece nas gônadas e resulta na formação dos gametas (células reprodutivas). Tanto a etapa I quanto a etapa II, são divididas em 4 fases.

Meiose I

A meiose I divide-se em prófase I, metáfase I, anáfase I e telófase I. Veja o que acontece em cada uma das fases:

Prófase I: ocorre a condensação dos cromossomos; o desaparecimento da carioteca; o desaparecimento do nucléolo e a duplicação dos centríolos para os polos da célula. Além disso, é aqui que ocorre a troca de pedaços entre cromossomos homólogos (crossing-over). Por ser uma fase bastante extensa, ela foi subdividida em 5 etapas: leptóteno, zigóteno, paquíteno, diplóteno e diacenese.

Metáfase I: ocorre o pareamento dos cromossomos homólogos na região equatorial da célula.

Anáfase I: as fibras do fuso sofrem um encurtamento e os cromossomos homólogos são separados para os polos das células.

Telófase I: ocorre a divisão do citoplasma (citocinese), como resultado são originadas duas células haploides. Em algumas espécies os cromossomos podem voltar ao formato filamentosos e ocorrer novamente o reaparecimento do núcleo e da carioteca;

Recapitulando: Durante a meiose I, uma célula diploide divide-se em duas células-filhas haploides. Em alguns casos desse processos, partes das cromátides-irmãs dos cromossomos homólogos se quebram, ligando-se na mesma posição na outra cromátide. Esse processo é conhecido como crossing-over.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes