A maior rede de estudos do Brasil

Como Habermas vê a tarefa da filosofia da religião?

Como Habermas vê a tarefa da filosofia da religião?

Escolha uma:

Para ele, o valor das ideias reside em sua utilidade, ou conveniência, e não na sua fidelidade a um ideal transcendente.

A filosofia, em tom pós-metafísico, não pode mais desempenhar o papel de discurso fundacional, mas deve assumir o lugar de mediadora, intérprete entre diferentes formas do saber humano. A filosofia da religião deveria se esforçar, primeiro, para, em diálogo com as pessoas e comunidades de fé, traduzir conceitos religiosos em linguagem não-religiosa, aberta.

A filosofia da religião deve, com o auxílio das ciências, investigar em que medida as religiões se alinham com a verdade, afinal, uma de suas tarefas consiste em se buscar essa verdade.

Nenhuma das alternativas disponíveis.

Filosofia

UNINTER


1 resposta(s)

User badge image

capetão

Há mais de um mês

Para Habermas, a filosofia, em tom pós-metafísico, não deveria desempenhar mais o papel de discurso fundacional. Sua tarefa consiste em ser mediadora e intérprete diante das várias formas do saber humano. Deveria, portanto, esforçar-se por traduzir conceitos religiosos em linguagem não-religiosa, sempre em diálogo com as comunidades de fé. Veja a aula 8.

A resposta correta é: A filosofia, em tom pós-metafísico, não pode mais desempenhar o papel de discurso fundacional, mas deve assumir o lugar de mediadora, intérprete entre diferentes formas do saber humano. A filosofia da religião deveria se esforçar, primeiro, para, em diálogo com as pessoas e comunidades de fé, traduzir conceitos religiosos em linguagem não-religiosa, aberta.

Para Habermas, a filosofia, em tom pós-metafísico, não deveria desempenhar mais o papel de discurso fundacional. Sua tarefa consiste em ser mediadora e intérprete diante das várias formas do saber humano. Deveria, portanto, esforçar-se por traduzir conceitos religiosos em linguagem não-religiosa, sempre em diálogo com as comunidades de fé. Veja a aula 8.

A resposta correta é: A filosofia, em tom pós-metafísico, não pode mais desempenhar o papel de discurso fundacional, mas deve assumir o lugar de mediadora, intérprete entre diferentes formas do saber humano. A filosofia da religião deveria se esforçar, primeiro, para, em diálogo com as pessoas e comunidades de fé, traduzir conceitos religiosos em linguagem não-religiosa, aberta.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes