A maior rede de estudos do Brasil

Correta ou incorreta ? Inferência é uma operação lógica pela qual se tira conclusão de uma ou várias proposições admitidas como verdadeiras.


1 resposta(s)

User badge image

Gabriele Marquezin

Há mais de um mês

I ) falso. Axioma são definições (ou seja suposições) que não podem ser provadas. Um exemplo de axioma é a existencia de um ponto que não tem dimensões (representamos como uma bolinha, mas até a bolinha é muito grande em comparação com o que o ponto "deveria ser")


II ) Verdadeiro. Inferencia consiste em produzir conclusões a partir de coisas anteriores (sejam axiomas osu proposições)


III ) Falso. O Silogismo é Dedutivo. O argumento dedutivo, parte do geral para o particular


exemplo: todos os homens são animais


josé é um homem


josé é animal


O argumeno indutivo é o oposto. ele parte do particular para o geral (exemplo seria qualquer prova por indução matemática)


IV ) Sim. É possível construir argumentos válidos (consistentes) em cima de premissas falsas. O papel da lógica é dizer se os argumentos estão conectados de forma correta.


Exemplo: todo ser humano não tem cabelo.


José tem cabelo.


José não é humano.


A conclusão está errada por que a premissa está errada. mas a construção do argumento está correta (a conclusão estaria certa se a premissa fosse verdadeira).


V ) São equivalentes.


"Se Pedro é músico, então Paulo é atleta ” só se torna falso quando Pedro for músico e Paulo não for atleta.


“Pedro não é músico ou Paulo é atleta” só se torna falso quando Pedro for músico e paulo não for atleta.



I ) falso. Axioma são definições (ou seja suposições) que não podem ser provadas. Um exemplo de axioma é a existencia de um ponto que não tem dimensões (representamos como uma bolinha, mas até a bolinha é muito grande em comparação com o que o ponto "deveria ser")


II ) Verdadeiro. Inferencia consiste em produzir conclusões a partir de coisas anteriores (sejam axiomas osu proposições)


III ) Falso. O Silogismo é Dedutivo. O argumento dedutivo, parte do geral para o particular


exemplo: todos os homens são animais


josé é um homem


josé é animal


O argumeno indutivo é o oposto. ele parte do particular para o geral (exemplo seria qualquer prova por indução matemática)


IV ) Sim. É possível construir argumentos válidos (consistentes) em cima de premissas falsas. O papel da lógica é dizer se os argumentos estão conectados de forma correta.


Exemplo: todo ser humano não tem cabelo.


José tem cabelo.


José não é humano.


A conclusão está errada por que a premissa está errada. mas a construção do argumento está correta (a conclusão estaria certa se a premissa fosse verdadeira).


V ) São equivalentes.


"Se Pedro é músico, então Paulo é atleta ” só se torna falso quando Pedro for músico e Paulo não for atleta.


“Pedro não é músico ou Paulo é atleta” só se torna falso quando Pedro for músico e paulo não for atleta.



Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes