A maior rede de estudos do Brasil

Como e feito a triagem auditiva neonatal?


5 resposta(s)

User badge image

Marina Mariana Cruz

Há mais de um mês

E realizado uma entrevista inicial com os responsáveis pelo neonato. Nesta triagem e feita o teste de otoemissões acústicas ( imitanciometria ) , coloca-se uma sonda na meato acústico externo que é o ponto crítico para otoemissões seguido do registro do resultado no mesmo equipamento utilizado. Para melhor proteção da sonda coloca-se uma oliva (ponta de vedação) em sua ponta que ajuda no vedamento do meato acústico externo. A colocação adequada da sonda é fundamental para que haja uma estimulação uniforme da cóclea e conseqüentemente a obtenção da EOA. A sonda apresentando vazamento propicia a entrada de ruído (neonato ou ambiente) e artefatos obscurecendo as EOA.

Sendo assim a triagem auditiva neonatal com o exame de imitanciometria , e indolor para o neonato e realizado com o neonato dormindo e ainda é objetivo , sendo assim não precisa da resposta ou ajuda do individuo como na audiometria tonal para se obter os resultados .

Referências :https://pdfs.semanticscholar.org/f86d/f5ea65daf44b3ee0ced70736570888405303.pdf

E realizado uma entrevista inicial com os responsáveis pelo neonato. Nesta triagem e feita o teste de otoemissões acústicas ( imitanciometria ) , coloca-se uma sonda na meato acústico externo que é o ponto crítico para otoemissões seguido do registro do resultado no mesmo equipamento utilizado. Para melhor proteção da sonda coloca-se uma oliva (ponta de vedação) em sua ponta que ajuda no vedamento do meato acústico externo. A colocação adequada da sonda é fundamental para que haja uma estimulação uniforme da cóclea e conseqüentemente a obtenção da EOA. A sonda apresentando vazamento propicia a entrada de ruído (neonato ou ambiente) e artefatos obscurecendo as EOA.

Sendo assim a triagem auditiva neonatal com o exame de imitanciometria , e indolor para o neonato e realizado com o neonato dormindo e ainda é objetivo , sendo assim não precisa da resposta ou ajuda do individuo como na audiometria tonal para se obter os resultados .

Referências :https://pdfs.semanticscholar.org/f86d/f5ea65daf44b3ee0ced70736570888405303.pdf

User badge image

Roberta Letícia Benka

Há mais de um mês

E realizado uma entrevista inicial com os responsáveis pelo neonato. Nesta triagem e feita o teste de otoemissões acústicas ( imitanciometria ) , coloca-se uma sonda na meato acústico externo que é o ponto crítico para otoemissões seguido do registro do resultado no mesmo equipamento utilizado. Para melhor proteção da sonda coloca-se uma oliva (ponta de vedação) em sua ponta que ajuda no vedamento do meato acústico externo. A colocação adequada da sonda é fundamental para que haja uma estimulação uniforme da cóclea e conseqüentemente a obtenção da EOA. A sonda apresentando vazamento propicia a entrada de ruído (neonato ou ambiente) e artefatos obscurecendo as EOA.

Sendo assim a triagem auditiva neonatal com o exame de imitanciometria , e indolor para o neonato e realizado com o neonato dormindo e ainda é objetivo , sendo assim não precisa da resposta ou ajuda do individuo como na audiometria tonal para se obter os resultados .

Referências :https://pdfs.semanticscholar.org/f86d/f5ea65daf44b3ee0ced70736570888405303.pdf

User badge image

Lorena Lima

Há mais de um mês

É feito uma entrevista inicial com os pais ou responsáveis do neonato a fim de descobrir indicativos para perda auditiva, histórico familiar, como foi a gestação, se houve infecções durante a gestação, é uma anamnse bem completinha. Em seguida, é feito o teste de otoemissões acústicas por meio de uma sonda no conduto auditivo esterno do bebê, aonde o mesmo precisa estar em silêncio assim como o ambiente também deve ter o mínimo de ruído possível. Por meio disso temos o PASSA x FALHA. Aonde se tiver falha no teste o mesmo é repetido de acordo com critérios.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes