A maior rede de estudos do Brasil

O que é reforçamento diferencial?


2 resposta(s)

User badge image

Masd

Há mais de um mês

Saudações prezada estudante

O reforço diferencial é uma estratégia usada na análise de comportamento aplicada (ABA) para abordar comportamentos desafiadores ou indesejáveis, geralmente em crianças. Embora existam várias técnicas usadas no reforço diferencial, o objetivo é sempre o mesmo: incentivar o comportamento apropriado, dando ou retendo o reforço.

A teoria por trás do reforço diferencial é que as pessoas tendem a repetir comportamentos reforçados ou recompensados ​​e são menos propensas a continuar comportamentos que não são reforçados.

O reforço diferencial consiste em dois componentes:

  1. Reforçando o comportamento apropriado
  2. Impedir o reforço do comportamento inadequado

O comportamento "apropriado" no reforço diferencial pode ser reconhecido como:

  • (1) não se comportando inadequadamente; ou
  • (2) escolhendo uma resposta positiva em vez de negativa.


Espero ter ajudado.


Saudações prezada estudante

O reforço diferencial é uma estratégia usada na análise de comportamento aplicada (ABA) para abordar comportamentos desafiadores ou indesejáveis, geralmente em crianças. Embora existam várias técnicas usadas no reforço diferencial, o objetivo é sempre o mesmo: incentivar o comportamento apropriado, dando ou retendo o reforço.

A teoria por trás do reforço diferencial é que as pessoas tendem a repetir comportamentos reforçados ou recompensados ​​e são menos propensas a continuar comportamentos que não são reforçados.

O reforço diferencial consiste em dois componentes:

  1. Reforçando o comportamento apropriado
  2. Impedir o reforço do comportamento inadequado

O comportamento "apropriado" no reforço diferencial pode ser reconhecido como:

  • (1) não se comportando inadequadamente; ou
  • (2) escolhendo uma resposta positiva em vez de negativa.


Espero ter ajudado.


User badge image

Lucas

Há mais de um mês

O reforçamento diferencial consiste, segundo Moreira & Medeiros (2007), em reforçar respostas desejadas e não reforçar outras indesejadas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes