A maior rede de estudos do Brasil

Assim, reflita sobre o que é melhor para a educação das pessoas com deficiência: integração ou inclusão?

A diversidade e a inclusão são temas que provocam a ação pedagógica, provocando professores para refletir sobre suas práticas, principalmente em relação aos múltiplos olhares que a diversidade possibilita ao campo educacional. Se tratando da inclusão, seu principal objetivo é que todas as pessoas com deficiência possam ingressar na educação, independentemente de sua idade ou grau de sua deficiência. Assim, é necessário refletir acerca da inclusão da educação, em especial, quando se refere à diversidade.

Assim, reflita sobre o que é melhor para a educação das pessoas com deficiência: integração ou inclusão?

Pedagogia

UNIVEM


7 resposta(s)

User badge image

Cinthia Ferreira

Há mais de um mês

Inclusão com certeza, a integração só coloca a pessoa deficiente na escola, ela inclui excluindo, sendo o aluno que terá que se adaptar a escola, já a inclusão é diferente, pois a escola de deverá se adaptar ao aluno tanto na estrutura física, como nas relações e metodologias

Inclusão com certeza, a integração só coloca a pessoa deficiente na escola, ela inclui excluindo, sendo o aluno que terá que se adaptar a escola, já a inclusão é diferente, pois a escola de deverá se adaptar ao aluno tanto na estrutura física, como nas relações e metodologias

User badge image

Cristiane Cristiane

Há mais de um mês

A inclusão visa possibilitar que todas as pessoas com deficiência possam ingressar no ensino regular. Em um primeiro momento é preciso incluir, uma vez que quando se fala nisto, em outro ponto, há o fator da exclusão. A ação educativa deve ser completa, ou seja, incluir a todos. Para tanto, deve-se preservar a individualidade, atendendo os indivíduos nas suas necessidades e interesses, bem como reconhecer as características de cada um, preservando sua identidade e criando condições para que se quebrem as barreiras de aprendizagem, interferindo no processo de construção de conhecimento do educando. Vale ressaltar que não se trata de negar a deficiência, mas reconhecer o indivíduo deficiente como capaz, considerando que o processo de inclusão ocorre sem que a sociedade se modifique. A inclusão impõe mudanças de paradigmas, de se preparar espaços, abrir horizontes, respeitar as diferenças. Na integração, pode parecer que o indivíduo deficiente precisa se adaptar ao contexto, e que este não precisa se modificar para incluir. Para Freire (1982, p.38-39.), a inclusão não está somente na alfabetização, mas na transformação do indivíduo, no seu posicionamento diante da sociedade, como seres autônomos. E convoca os educadores para repensar sua prática e enxergar o outro como um ser cheio de possibilidades

User badge image

Rafael Garcia

Há mais de um mês

Inclusão, pois a mesma não despeja as responsabilidades de inserção social para a pessoa com deficiência física, e sim, a inclui em um meio social, e se caso for necessário fazer adaptações, elas serão feitas.

Essa pergunta já foi respondida!