A maior rede de estudos do Brasil

Qual classificação de etic?

Ética I

FASUP


1 resposta(s)

User badge image

Robson Do Nascimento

Há mais de um mês

 Ética Descritiva


Descreve o que é o Bem e o que é o Mal, através da apreensão empírica dos fenômenos morais. Não há posicionamento normativo.

Metaética

É abstrata e epistemológica, seu objetivo é investigar a natureza dos valores, dos juízos morais (bem/Mal); e os significados da linguagem avaliativa (das estruturas do discurso), métodos e lógica.

• Ética Normativa


Procura racionalmente configurar o campo prático da moral num estudo “histórico-filosófico ou conceitual” (Bitta) sobre normas morais das sociedades, desenvolvendo critérios – o foco das problemáticas é a ação-moral.

- Ética Deontológica - do grego déon, dever – também chamada de Teoria do Dever, foca-se nas intenções e no valor da ação/regra, que devem corresponder às aspirações morais internas de cada indivíduo.

A Ética kantiana é compreendida como uma ética formal que apresenta indicações gerais da ação, não normas rígidas de conduta. As indicações sugerem para pensarmos em nós como legisladores autônomos, formadores de nossas próprias leis e máximas, baseados nos imperativos categóricos.

- Ética Teleológica - do grego teleos, fim - também denominada de Ética Consequêncialista, é a ética, como o próprio nome sugere, que valoriza as conseqüências, os fins da ação. Em oposição à Ética Deontológica, na ação a intenção é o menos importante, as conseqüências é que devem ser boas. E o bom é considerado o fim natural, a felicidade. Os defensores desta ética - Aristóteles, Sócrates, Platão, Epicuro, Stuart Mill , Bentham, Hare, Singer e etc - alegavam que todos os homens se devem reger por esta finalidade, as melhores opções são as que oferecem melhores resultados.

A Ética Geral é abrangente, faz a análise e estudos das normas e moralidades (e códigos morais) que permeiam a sociedade como um todo - preceito, regras, legislações – absorvendo a peculiaridade cultural, espacial e histórica de cada sociedade.

A Ética Aplicada é uma área recente da filosofia moral, mais restrita que a primeira, procura fazer reger os códigos de ética para determinada categoria e setor social e discutir problemas morais concretos da sociedade.

 Ética Descritiva


Descreve o que é o Bem e o que é o Mal, através da apreensão empírica dos fenômenos morais. Não há posicionamento normativo.

Metaética

É abstrata e epistemológica, seu objetivo é investigar a natureza dos valores, dos juízos morais (bem/Mal); e os significados da linguagem avaliativa (das estruturas do discurso), métodos e lógica.

• Ética Normativa


Procura racionalmente configurar o campo prático da moral num estudo “histórico-filosófico ou conceitual” (Bitta) sobre normas morais das sociedades, desenvolvendo critérios – o foco das problemáticas é a ação-moral.

- Ética Deontológica - do grego déon, dever – também chamada de Teoria do Dever, foca-se nas intenções e no valor da ação/regra, que devem corresponder às aspirações morais internas de cada indivíduo.

A Ética kantiana é compreendida como uma ética formal que apresenta indicações gerais da ação, não normas rígidas de conduta. As indicações sugerem para pensarmos em nós como legisladores autônomos, formadores de nossas próprias leis e máximas, baseados nos imperativos categóricos.

- Ética Teleológica - do grego teleos, fim - também denominada de Ética Consequêncialista, é a ética, como o próprio nome sugere, que valoriza as conseqüências, os fins da ação. Em oposição à Ética Deontológica, na ação a intenção é o menos importante, as conseqüências é que devem ser boas. E o bom é considerado o fim natural, a felicidade. Os defensores desta ética - Aristóteles, Sócrates, Platão, Epicuro, Stuart Mill , Bentham, Hare, Singer e etc - alegavam que todos os homens se devem reger por esta finalidade, as melhores opções são as que oferecem melhores resultados.

A Ética Geral é abrangente, faz a análise e estudos das normas e moralidades (e códigos morais) que permeiam a sociedade como um todo - preceito, regras, legislações – absorvendo a peculiaridade cultural, espacial e histórica de cada sociedade.

A Ética Aplicada é uma área recente da filosofia moral, mais restrita que a primeira, procura fazer reger os códigos de ética para determinada categoria e setor social e discutir problemas morais concretos da sociedade.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes