A maior rede de estudos do Brasil

Exemplo de um discurso mitológico? Me ajudem

Filosofia

Iraci Sartori Vieira Da Silva Profa


3 resposta(s)

User badge image

Janaina Alves Alves

Há mais de um mês

No Discurso Mitológico muitas explicações ligam-se aos deuses, que representavam os fenômenos naturais, bem como a origem do universo, da humanidade e o funcionamento do planeta.


No Discurso Mitológico muitas explicações ligam-se aos deuses, que representavam os fenômenos naturais, bem como a origem do universo, da humanidade e o funcionamento do planeta.


User badge image

Leticia Miranda

Há mais de um mês

O Discurso Mitológico é aquele que utilizava-se de explicações mitológicas (sem fundamento científico) para explicar os fenômenos naturais e as questões universais que afloraram no mundo antigo.




No Discurso Mitológico muitas explicações ligam-se aos deuses, que representavam os fenômenos naturais, bem como a origem do universo, da humanidade e o funcionamento do planeta



User badge image

Lucas Ramos

Há mais de um mês

O Discurso Mitológico é aquele que utilizava-se de explicações mitológicas (sem fundamento científico) para explicar os fenômenos naturais e as questões universais que afloraram no mundo antigo.


No Discurso Mitológico muitas explicações ligam-se aos deuses, que representavam os fenômenos naturais, bem como a origem do universo, da humanidade e o funcionamento do planeta.


Exemplo: A explicação mitica da chuva

Houve um tempo em que o Sol, rei dos deuses, e autoproclamado senhor supremo, se apaixonou pela Água deusa da criação. A Água era a mais pura, bela e essencial de todos os seres existentes. O rei Sol desejava possuí-la somente para sí, o que faria dele ainda mais onipotente. Contudo, a deusa Água conhecia os peversos desejos do rei Sol, era capaz de enchergar seu egoismo e sua prepotência, e então para não se casar com ele entregou-se ao deus Terra. Contráriado pela Água, o deus Sol castigou-a a perder a sua pureza gradativamente, até que um dia ela deixasse de ser essencial. A deusa da Água se entristecera, chorava e sentia muito ódio do Sol. O deus Terra permaneceu amando-a ainda assim, e esse amor fez com que ela encontrasse um meio para manter sua pureza, certo dia evaporou. E como as lagrimas que caiam dos seus olhos em dia de choro, deixou-se cair do céu entragando-se eternamente pura ao deus Terra e mostrando ao rei Sol que ela jamais seria o senhor supremo.



Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes