A maior rede de estudos do Brasil

Não sei como começar a escrever o "estado da arte". Alguém poderia me ajudar?

Letras

Humanas / Sociais


1 resposta(s)

User badge image

claudia cioccari

Há mais de um mês

É o mapeamento (uma pesquisa) que possibilitará o conhecimento e/ou reconhecimento de estudos que estão sendo, ou já foram realizados no Brasil ( em alguns casos no mundo) com temáticas, ou linhas de pesquisa , iguais ou parecidas a que você está estudando.

Geralmente, a pesquisa é realizada apenas dentro de sua área de estudo, pois além de reconhecer o que está , ou foi investigado, você poderá usar posteriormente os materiais encontrados para sua revisão de literatura.

Por onde começar?

É necessário que você tenha um titulo previamente delimitado.

Com esse titulo, você terá compreensão das palavras-chaves , ou descritores que devem ser pesquisados, principalmente se o material for escasso.

De preferência, mas não obrigatória, tenha a pergunta problema. Caso seu tema seja muito investigado ( ex: hipertensão, ludicidade, ensino), é aconselhável você saber o que quer responder, e, assim direcionar sua pesquisa.

Escolha então as bases de dados que irá desenvolver sua pesquisa.

É necessário encontrar caminhos seguros para ampliar a relevância e a qualidade daquilo que se publica. Todavia, é possível entender que não basta se preocupar em elevar a visibilidade dos periódicos, nem tampouco priorizar exclusivamente o aumento dos índices de citação dos artigos. São necessárias estratégias para a captação de artigos que envolvam temas de fronteira do conhecimento, capazes de mobilizar o interesse da comunidade científica. E isso está diretamente relacionado ao modo como a pesquisa vem sendo produzida e avaliada. Não é possível, portanto, tratar comunicação científica separadamente da produção científica. Em outras palavras, é preciso pensar, de modo sério e cuidadoso, sobre as consequências, para as revistas e para os avanços da própria Ciência, das práticas que vêm sendo adotadas por muitos pesquisadores para satisfazer os critérios quantitativos utilizados pelos formuladores de políticas públicas para avaliar, promover e remunerar cientistas.

É o mapeamento (uma pesquisa) que possibilitará o conhecimento e/ou reconhecimento de estudos que estão sendo, ou já foram realizados no Brasil ( em alguns casos no mundo) com temáticas, ou linhas de pesquisa , iguais ou parecidas a que você está estudando.

Geralmente, a pesquisa é realizada apenas dentro de sua área de estudo, pois além de reconhecer o que está , ou foi investigado, você poderá usar posteriormente os materiais encontrados para sua revisão de literatura.

Por onde começar?

É necessário que você tenha um titulo previamente delimitado.

Com esse titulo, você terá compreensão das palavras-chaves , ou descritores que devem ser pesquisados, principalmente se o material for escasso.

De preferência, mas não obrigatória, tenha a pergunta problema. Caso seu tema seja muito investigado ( ex: hipertensão, ludicidade, ensino), é aconselhável você saber o que quer responder, e, assim direcionar sua pesquisa.

Escolha então as bases de dados que irá desenvolver sua pesquisa.

É necessário encontrar caminhos seguros para ampliar a relevância e a qualidade daquilo que se publica. Todavia, é possível entender que não basta se preocupar em elevar a visibilidade dos periódicos, nem tampouco priorizar exclusivamente o aumento dos índices de citação dos artigos. São necessárias estratégias para a captação de artigos que envolvam temas de fronteira do conhecimento, capazes de mobilizar o interesse da comunidade científica. E isso está diretamente relacionado ao modo como a pesquisa vem sendo produzida e avaliada. Não é possível, portanto, tratar comunicação científica separadamente da produção científica. Em outras palavras, é preciso pensar, de modo sério e cuidadoso, sobre as consequências, para as revistas e para os avanços da própria Ciência, das práticas que vêm sendo adotadas por muitos pesquisadores para satisfazer os critérios quantitativos utilizados pelos formuladores de políticas públicas para avaliar, promover e remunerar cientistas.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes