A maior rede de estudos do Brasil

Alfredo foi obrigado a vender parte das suas férias na forma de abono. Assinale a opção correta:


Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, mas não há sanção cabível ao empregador além de indenização por danos morais.

O empregador tem plena liberdade para dizer quando e como o empregado vai gozar de suas férias.

Após a edição da Lei nº 13.467/17, o empregador pode obrigar Alfredo a vender suas férias, desde que melhor remunerado.

Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, devendo receber por elas em dobro.

Se Alfredo vendeu tão somente 1/3 das férias, nada está incorreto.



3 resposta(s)

User badge image

Jennyfer Rauana

Há mais de um mês

Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, devendo receber por elas em dobro.
Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, devendo receber por elas em dobro.
User badge image

Rosane Anchieta

Há mais de um mês

Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, devendo receber por elas em dobro.

User badge image

Gu Sheen

Há mais de um mês

Alfredo não pode ser obrigado a vender parte de suas férias, mas não há sanção cabível ao empregador além de indenização por danos morais.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes