Buscar

Questionário 1 Direito do trabalho II

Joana laborou durante dois anos na empresa “Voice Publicidade e Propaganda” com jornada de trabalho de 8 horas diárias. Contudo, ao longo do último ano de trabalho, foi-lhe concedido intervalo intrajornada de apenas 30 minutos. Ao ser dispensada Joana postulou, na Justiça do Trabalho, o pagamento de horas extraordinárias correspondentes à totalidade do intervalo intrajornada devido, isto é, uma hora diária, ao passo que o empregador, em contestação, alega que seria devido a Joana apenas 30 minutos diários, tendo em vista que a empregada havia gozado efetivamente os outros 30 minutos. Neste processo, na qualidade de Magistrado(a) Trabalhista, qual seria a sua sentença? Responda justificadamente. Apresentação da afirmativa ou negativa e artigo de lei sem fundamentação não acarreta pontuação.


💡 1 Resposta

User badge image

Marly Lira

Ultrapassada habitualmente a jornada de seis horas de trabalho, é devido o gozo do intervalo intrajornada mínimo de uma hora, obrigando o empregador a remunerar o período para descanso e alimentação não usufruído como extra, acrescido do respectivo adicional, na forma prevista no art. 71, caput e § 4º da CLT. Portanto deverá ser pago 30 minutos diários acrescido de 50%
1
Dislike0

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis


✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta.

User badge image

Outros materiais