A maior rede de estudos do Brasil

crimes contra o patrimonio

No dia 06.09.2020, JOÃO, MARCOS e LARRISA se dirigiram a farmácia “Remédio Bom”, LARISSA ficou do lado de fora do local dando cobertura e, se fosse o caso, informaria a possível chegada da polícia aos demais agentes. Ao chegarem ao referido local e anunciaram o assalto ameaçando funcionários e clientes utilizando para tanto um simulacro de arma de fogo, o qual era extremamente semelhante a uma arma de fogo verdadeira. JOÃO e MARCOS após subtraírem os pertences das vítimas as trancaram na sala de depósito do referido estabelecimento comercial e passaram a subtrair os celulares que estavam na loja expostos. LARISSA, após ouvir barulho de sirene, retorna para a loja e informa que uma viatura policial se aproxima e determina que se pegue e um dos clientes como refém. Ato contínuo, JOÃO, MARCOS e LARISSA pegam a vítima MARIA e empreendem fuga no carro dela. No entanto, não se tratava de um carro de polícia, mas sim uma ambulância que se dirigia ao Hospital próximo. Dessa forma, os agentes decidiram seguir com a vítima e proceder saques a um caixa eletrônico localizado em supermercado da cidade. Ao chegarem ao supermercado, LARISSA acompanhou a vítima até o caixa eletrônico e a constrangeu a fazer saques em sua conta bancária mediante uso de sua digital e senha.Posteriormente, ao saque os réus fugiram do local no carro da vítima, sem esta, tendo abandonado o veículo horas depois. FAÇA A CORRETA CAPITULAÇÃO PENAL, INDICANDO TODOS OS DISPOSITIVOS PERTINENTES, BEM COMO EVENTUAL CONCURSO DE PESSOAS E DE CRIMES. 

Direito Penal IV

ESTÁCIO


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?