A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os princípios que regem os contratos?


9 resposta(s)

User badge image

Wilker Kelven

Há mais de um mês

São os princípios básicos dos contratos:


-Autonomia da vontade: liberdade das partes para estipular o que melhor lhes convier. É a liberdade de contratar, desde que respeitados os limites da lei.


-Supremacia da ordem pública: autonomia da vontade é relativa, sujeita-se à lei e aos princípios da moral e da ordem pública.

-Obrigatoriedade do contrato: o contrato faz lei entre as partes - “pacta sunt servanda”. Uma vez celebrado pelas partes, não pode mais ser modificado, a não ser por mútuo acordo.

-Consensualismo: os contratos podem ser realizados sem quaisquer formalidades, obrigando as partes no momento em que estas cheguem a um consenso. É regra geral, com várias exceções, quando a lei exige formalidades extras para alguns contratos.


São os princípios básicos dos contratos:


-Autonomia da vontade: liberdade das partes para estipular o que melhor lhes convier. É a liberdade de contratar, desde que respeitados os limites da lei.


-Supremacia da ordem pública: autonomia da vontade é relativa, sujeita-se à lei e aos princípios da moral e da ordem pública.

-Obrigatoriedade do contrato: o contrato faz lei entre as partes - “pacta sunt servanda”. Uma vez celebrado pelas partes, não pode mais ser modificado, a não ser por mútuo acordo.

-Consensualismo: os contratos podem ser realizados sem quaisquer formalidades, obrigando as partes no momento em que estas cheguem a um consenso. É regra geral, com várias exceções, quando a lei exige formalidades extras para alguns contratos.


User badge image

Regina Francisco

Há mais de um mês

Considera os três princípios clássicos da teoria liberal do contrato são:

(i) a liberdade das partes (ou autonomia da vontade),

(ii) a força obrigatória dos contratos (pacta sunt servanda), e

(iii) a relatividade dos efeitos contratuais.

User badge image

Sarayu Araujo

Há mais de um mês

Assim, considera que os três princípios clássicos da teoria liberal do contrato são: (i) a liberdade das partes (ou autonomia da vontade), (ii) a força obrigatória dos contratos (pacta sunt servanda), e (iii) a relatividade dos efeitos contratuais.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes