A maior rede de estudos do Brasil

principio saisine

O denominado princípio de Saisine, que no momento da abertura da sucessão, que ocorre com a morte, a decorrência de transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários. O Código Civil pátrio consciência, em consequência, as regras para as sucessões legítimas e testamentárias, estabelecendo para a primeira ordem de vocação hereditária denominada.

Na hipótese de não sobreviver o cônjuge ou o companheiro, nem parente algum sucessível nos termos da lei, ou no caso de existência, tendo todos eles renunciado à ativação, os bens integrantes do monte de tais sucessões abertos, segundo solução dada pelo Código Civil, será:

a) necessária, necessariamente, para a União Federal para que seja utilizado na área de saúde.


b) dispositivos aos estados para que sejam utilizados pelas Universidades Estaduais nos trabalhos de desenvolvimento de pesquisas por ela realizados.


c) métodos aos estados e União para que sejam utilizados somente na saúde, para tratar o ato vinculado.


d) critérios aos estados e municípios, podendo ser utilizados tanto na saúde quanto na educação a critério discricionário do governador e dos prefeitos.


e)  serviços aos Municípios ou ao Distrito Federal, se houver nas respectivas circunscrições, ou à União, quando localizado em território federal.

Direito Civil I

FACULDADE CET


3 resposta(s)

User badge image

Sandra Constâncio

Há mais de um mês

Princípio de origem francesa, pelo qual se estabelece que a posse dos bens do "de cujus" se transmite aos herdeiros, imediatamente, na data de sua morte. Esse princípio foi consagrado em nosso ordenamento jurídico pelo art. 1.784, do Código Civil.

Princípio de origem francesa, pelo qual se estabelece que a posse dos bens do "de cujus" se transmite aos herdeiros, imediatamente, na data de sua morte. Esse princípio foi consagrado em nosso ordenamento jurídico pelo art. 1.784, do Código Civil.

User badge image

J Dias

Há mais de um mês

O denominado princípio de Saisine, que no momento da abertura da sucessão, que ocorre com a morte, a decorrência de transmite-se, desde logo, aos herdeiros legítimos e testamentários. O Código Civil pátrio consciência, em consequência, as regras para as sucessões legítimas e testamentárias, estabelecendo para a primeira ordem de vocação hereditária denominada.

Na hipótese de não sobreviver o cônjuge ou o companheiro, nem parente algum sucessível nos termos da lei, ou no caso de existência, tendo todos eles renunciado à ativação, os bens integrantes do monte de tais sucessões abertos, segundo solução dada pelo Código Civil, será:

a) necessária, necessariamente, para a União Federal para que seja utilizado na área de saúde.


b) dispositivos aos estados para que sejam utilizados pelas Universidades Estaduais nos trabalhos de desenvolvimento de pesquisas por ela realizados.


c) métodos aos estados e União para que sejam utilizados somente na saúde, para tratar o ato vinculado.


d) critérios aos estados e municípios, podendo ser utilizados tanto na saúde quanto na educação a critério discricionário do governador e dos prefeitos.


e)  serviços aos Municípios ou ao Distrito Federal, se houver nas respectivas circunscrições, ou à União, quando localizado em território federal.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes