A maior rede de estudos do Brasil

Questão 4- Defina os termos abaixo: • Surto • Pandemia • Epidemia • Endemia • Prevalência

Epidemiologia

UNICEUB


1 resposta(s)

User badge image

samsung lg

Há mais de um mês

surto: Caracterizado pelo rápido alastramento de uma doença contagiosa em região específica, é possível afirmar que o Covid-19 e o Zika Vírus surgiram como surtos, amedrontando principalmente as populações chinesa e africana. Esse tipo de enfermidade apresenta como característica um alto poder de expansão em pouco tempo, mas ainda restrita a uma região. Em caso de novas patologias, como o Covid-19, o seu controle pode ser ainda mais demorado por não existir métodos preestabelecidos para o seu controle.

pandemia: Até o início de 2020, esse conceito não era o mais conhecido entre eles, mas agora estampa a capa dos principais jornais de todo o mundo. O Covid-19, também conhecido por “coronavírus”, surgiu em dezembro de 2019 na China e inicialmente foi tratado como um surto. Infelizmente, por ser uma doença nova e não haver formas preestabelecidas de controle, como medicações ou vacinas, sua propagação ocorreu de maneira rápida – com a OMS anunciando a nova doença como uma pandemia no início de março. Atualmente, o Covid-19 já está presente em 114 países e causou mais de 4 mil mortes em todo o mundo. A classe médica e científica prontamente iniciaram diversos estudos em busca de medicamentos e vacinas para efetivar esse controle, que, no momento, se restringe à diminuição de contato entre pessoas e aglomerações, bem como o reforço das medidas de higiene.

epidemia:A epidemia é caracterizada pela concentração da doença em determinado local com grande número de infecções por um período repentino ou temporário. Um exemplo expressivo dessa classificação é a dengue, que, embora afete diversos locais, costuma ter os focos concentrados e atingir bairros ou cidades em um curto espaço de tempo – nas chamadas sazonalidades.

endemia:A endemia pode ser conceituada como a ocorrência de um agravo dentro de um número esperado de casos para determinada região, naquele período, baseando-se na média histórica de sua ocorrência. Logo, não está relacionada a uma questão quantitativa, mas sim a uma incidência relativamente constante de determinada doença naquela região, podendo ocorrer variações sazonais no comportamento esperado para esse agravo. Temos como um exemplo de endemia a dengue no Rio de Janeiro. 

prevalencia:Usada em estatística e em epidemiologia, a prevalência pode referir-se a: número total de casos existentes numa determinada população e num determinado momento temporal; proporção de casos existentes numa determinada população e num determinado momento temporal.

surto: Caracterizado pelo rápido alastramento de uma doença contagiosa em região específica, é possível afirmar que o Covid-19 e o Zika Vírus surgiram como surtos, amedrontando principalmente as populações chinesa e africana. Esse tipo de enfermidade apresenta como característica um alto poder de expansão em pouco tempo, mas ainda restrita a uma região. Em caso de novas patologias, como o Covid-19, o seu controle pode ser ainda mais demorado por não existir métodos preestabelecidos para o seu controle.

pandemia: Até o início de 2020, esse conceito não era o mais conhecido entre eles, mas agora estampa a capa dos principais jornais de todo o mundo. O Covid-19, também conhecido por “coronavírus”, surgiu em dezembro de 2019 na China e inicialmente foi tratado como um surto. Infelizmente, por ser uma doença nova e não haver formas preestabelecidas de controle, como medicações ou vacinas, sua propagação ocorreu de maneira rápida – com a OMS anunciando a nova doença como uma pandemia no início de março. Atualmente, o Covid-19 já está presente em 114 países e causou mais de 4 mil mortes em todo o mundo. A classe médica e científica prontamente iniciaram diversos estudos em busca de medicamentos e vacinas para efetivar esse controle, que, no momento, se restringe à diminuição de contato entre pessoas e aglomerações, bem como o reforço das medidas de higiene.

epidemia:A epidemia é caracterizada pela concentração da doença em determinado local com grande número de infecções por um período repentino ou temporário. Um exemplo expressivo dessa classificação é a dengue, que, embora afete diversos locais, costuma ter os focos concentrados e atingir bairros ou cidades em um curto espaço de tempo – nas chamadas sazonalidades.

endemia:A endemia pode ser conceituada como a ocorrência de um agravo dentro de um número esperado de casos para determinada região, naquele período, baseando-se na média histórica de sua ocorrência. Logo, não está relacionada a uma questão quantitativa, mas sim a uma incidência relativamente constante de determinada doença naquela região, podendo ocorrer variações sazonais no comportamento esperado para esse agravo. Temos como um exemplo de endemia a dengue no Rio de Janeiro. 

prevalencia:Usada em estatística e em epidemiologia, a prevalência pode referir-se a: número total de casos existentes numa determinada população e num determinado momento temporal; proporção de casos existentes numa determinada população e num determinado momento temporal.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes