A maior rede de estudos do Brasil

Dentre os vários efeitos colaterais sistémicos dos glicocorticoides, quais são os mais graves e como podemos reduzi-los esses efeitos?

efeitos do glicocorticoides e como reduzi-los

Farmacologia I

UNINASSAU FORTALEZA


4 resposta(s)

User badge image

emmanuelle mendonca araujo dos santos

Há mais de um mês

tttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttt, hasytgwindwjsgwywifwjd, hdfuhwihnwjdn

tttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttttt, hasytgwindwjsgwywifwjd, hdfuhwihnwjdn

User badge image

Resumos Odonto Paloma Olsen Verified user icon

Há mais de um mês

Os glicocorticoides diminuem a produção das moléculas que trabalham na inflamação, inibindo as enzimas Ciclooxigenases- COX.

Quando inibem a COX1 podem causar alguns efeitos colaterais gastrointestinais comuns incluem desconforto gástrico, dispepsia, diarreia, náuseas e vômitos, e em alguns casos, hemorragia e ulcerações gástricas

Podem causar riscos de desenvolver problemas cardiovasculares, pois alguns indivíduos dependem da COX -2 para sintetizar as PGs (antiagregantes), que são importantes reguladores da função cardiovascular. Se esse mecanismo de produção de PGI2 for perturbado, poderá o correr aumento dos episódios trombóticos, incluindo infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral.

Inibição da função renal, que ocorre devido a inibição da síntese dos prostanóides envolvidos na manutenção do fluxo sanguíneo renal (pelas PGs)

Reações de hipersensibilidade e asma, pela produção de leucotrienos aumentada, podendo ser de risco para pacientes com problemas no pulmão. Também é comum ocorrer reações cutâneas, que em alguns casos podem ser fatais. Entre outros efeitos graves, como hipertensão arterial, obesidade, disfunção dos hormônios da tireóide e até diabetes.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes