A maior rede de estudos do Brasil

Impacto ambiental e logistica reversa

1.    Entre os mecanismos de flexibilização que facilitam a redução de emissões de gases do efeito estufa previstos no protocolo de Quioto, o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) concede créditos a projetos que reduzam ou evitem emissões, ao serem utilizadas tecnologias limpas que promovam o desenvolvimento sustentável. Sobre projetos MDL é possível afirmar:

a.

Projetos de MDL, somente podem ser realizados em países desenvolvidos.

b.

É condição necessária à realização de projetos de MDL que o país anfitrião não possua objetivos de redução de emissão de gases do efeito de estufa.

c.

Os países envolvidos no projeto MDL devem confirmar que a participação de ambos é de caráter obrigatório.

d.

Os créditos envolvendo projetos de MDL são transformados em créditos de carbono somente quando se tratar de emissões de dióxido de carbono.

e.

Os projetos MDL não são elegíveis para projetos de reflorestamento.


1 resposta(s)

User badge image

Hittalo Bruno Silva

Há mais de um mês

Preocupados com esta questão, os países estão discutindo formas de se combater este problema e já assinaram o Protocolo de Quioto em 1997, que estabeleceu as metas de redução de GEE para os países industrializados. Também foram definidos mecanismos de flexibilização para as empresas dos países que não quiserem ou não puderem reduzir suas emissões. O mais importante para o Brasil é o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo – MDL, que permite às empresas de países em desenvolvimento, que não têm metas de redução, vender às empresas de países industrializados os Reduções Certificadas de Emissões – RCE, relativos a projetos de redução de GEE existentes no país ofertante. Assim, foram criados os alicerces para o “Mercado de Carbono”, onde são comercializados títulos de RCE para atendimento às exigências do Protocolo de Quioto.
Preocupados com esta questão, os países estão discutindo formas de se combater este problema e já assinaram o Protocolo de Quioto em 1997, que estabeleceu as metas de redução de GEE para os países industrializados. Também foram definidos mecanismos de flexibilização para as empresas dos países que não quiserem ou não puderem reduzir suas emissões. O mais importante para o Brasil é o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo – MDL, que permite às empresas de países em desenvolvimento, que não têm metas de redução, vender às empresas de países industrializados os Reduções Certificadas de Emissões – RCE, relativos a projetos de redução de GEE existentes no país ofertante. Assim, foram criados os alicerces para o “Mercado de Carbono”, onde são comercializados títulos de RCE para atendimento às exigências do Protocolo de Quioto.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes