A maior rede de estudos do Brasil

A suspensão de direitos políticos no caso de sentença condenatória não transitada em julgado o ex Presidente Lula poderia ter votado em 2018? Explique


1 resposta(s)

User badge image

WMC CELL

Há mais de um mês

A condenação do ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pôs em evidência o risco jurídico de que seja impedido de participar das próximas eleições. Esses crimes geram inelegibilidade por oito anos depois do cumprimento da pena (art. 1º, I, letra e da Lei Complementar 64/90)[1] e, com o trânsito em julgado, fazem incidir a suspensão dos direitos políticos (art. 15 da Constituição Federal). Além disso, foi cominada a vedação de ocupar qualquer cargo ou função pública por sete anos, correspondentes ao dobro da pena de prisão pela lavagem de dinheiro (art. 7º, II, da Lei 9.613/98).[2]

A condenação do ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pôs em evidência o risco jurídico de que seja impedido de participar das próximas eleições. Esses crimes geram inelegibilidade por oito anos depois do cumprimento da pena (art. 1º, I, letra e da Lei Complementar 64/90)[1] e, com o trânsito em julgado, fazem incidir a suspensão dos direitos políticos (art. 15 da Constituição Federal). Além disso, foi cominada a vedação de ocupar qualquer cargo ou função pública por sete anos, correspondentes ao dobro da pena de prisão pela lavagem de dinheiro (art. 7º, II, da Lei 9.613/98).[2]

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes