A maior rede de estudos do Brasil

etica

Se até o século XIX, a maioria dos pensadores tinha uma fé sem limites nas possibilidades que a ciência e o progresso poderiam trazer ao homem como benefício para o bem-estar, no século XX o que se presencia é a frustação perante todo este progresso. Um verdadeiro mal-estar com a civilização vem à tona. As duas grandes guerras mundiais com as suas sofisticadas máquinas de matar, como a bomba atômica, levaram muitos homens a questionarem as premissas do que chamamos Civilização Ocidental e mundo tecnológico.

O texto acima retrata a esperança projetada na modernidade mediante os avanços técnicos científicos. A humanidade se encaminhava para o esclarecimento. A natureza ficava mais clara e sem mistério, pois a ciência desvela seus enigmas. O corpo humano se tornava mais claro em seu funcionamento e os avanços genéticos traziam esperança em função do tratamento de muitas doenças. O contraponto a todo este maravilhamento é que, na verdade o que se presencia é o esgotamento das capacidades físicas do ser humano e o uso abrupto dos recursos naturais.

Estas questões nos colocam mediante a temática da relação paradigmática entre ciência e natureza, pois;



I___ A função da natureza é estar a serviço da necessidade humana.

Para isso torna-se ético o uso sistemático de seus recursos, pois

visa o crescimento da humanidade gerando melhor qualidade de

vida;

PORQUE



II___ Sem este uso sistemático não teríamos conhecimento das estruturas

fundamentais da natureza tornando assim impossível as

descobertas no campo cientifico.

A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.

Escolha uma opção:


Ética I

UNINTA


Ainda não temos resposta. Você sabe responder?