A maior rede de estudos do Brasil

BIOESTATISTICA

Observe o texto abaixo:

Hormônio do exercício pode modular genes relacionados à replicação do novo coronavírus, sugere estudo

Maria Fernanda Ziegler | Agência FAPESP – 11/08/2020

Estudo conduzido na Universidade Estadual Paulista (Unesp) sugere que o hormônio irisina, liberado pelos músculos durante a atividade física, pode ter efeito terapêutico em casos de COVID-19. Ao analisar dados de expressão gênica de células adiposas, os pesquisadores observaram que a substância tem efeito modulador em genes associados à maior replicação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) dentro de células humanas.

O achado teve como base dados de transcriptoma (conjunto de moléculas de RNA expressas em um tecido) de células adiposas não infectadas por SARS-CoV-2 que receberam doses de irisina. “Confrontamos as informações sobre os genes importantes na COVID-19 com nossos dados do transcriptoma para fazer correlações. O resultado representa uma sinalização positiva para a busca por novos tratamentos nesse momento de emergência com a pandemia. É preciso ressaltar que trata-se de dados preliminares, uma sugestão do potencial terapêutico da irisina para casos de COVID-19. Estamos indicando um caminho de pesquisa para comprovar ou não o efeito benéfico do hormônio em pacientes infectados”, diz Miriane de Oliveira , pesquisadora da Faculdade de Medicina da Unesp, em Botucatu (SP).

Com base na leitura do texto, analise as afirmativas:

I – Ao transformar a descoberta científica do pesquisador em uma pergunta, esta poderia ser construída como: “será que existe efeito do hormônio irisina sobre a modulação de genes relacionados à replicação do novo coronavírus?” Sendo o hormônio irisina a variável independente e a modulação de genes relacionados à replicação do novo coronavírus a variável dependente nesta pergunta.

II – Em “O achado teve como base dados de transcriptoma (conjunto de moléculas de RNA expressas em um tecido)”, a partir de um conjunto de moléculas de RNA expressas em um tecido, uma abordagem QUALITATIVA visaria investigar quais moléculas estariam ali presentes.

III – Em “trata-se de dados preliminares, uma sugestão do potencial terapêutico da irisina para casos de COVID-19”, ao afirmar que se tratam de dados preliminares a autora subentende que, no processo de pesquisa, dados são coletados e, então, analisados e essa análise poderá indicar se os resultados obtidos apoiam a teoria proposta ou se será necessário modificar uma proposição inicial diante de mais resultados.


I e II, apenas.


II e III, apenas.

I e III, apenas.

I, apenas.

I, II e III.


2 resposta(s)

User badge image

Yeie Santos

Há mais de um mês

I, II e III.

I, II e III.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes