A maior rede de estudos do Brasil

A sociedade sobreviveria sem esses fundamentos que existe na Constituição Federal ? Explicação. Me ajudem, please!

INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO

A Constituição Federal, possui um papel primordial para toda a sociedade e toda

Estrutura Estatal, conforme determina o artigo 1°, temos:

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos

Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático

de Direito e tem como fundamentos:

I - a soberania;

II - a cidadania;

III - a dignidade da pessoa humana;

IV - os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; (Vide Lei nº 13.874, de

2019) V - o pluralismo político. Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição. Com ausência desses procedimentos a sociedade poderia atender a sua sobrevivência, conforme as acepções do direito??? Explicação. Me ajudem, please!!


6 resposta(s)

User badge image

Vinícius Barbosa

Há mais de um mês

Viveria sim, porém num caos ainda maior.

User badge image

Lucas de Mello Vieira

Há mais de um mês

O art. 1° da CRFB/88 elenca, de forma exemplificativa, os princípios constitucionais. Princípios são normas que podem existir no ordenamento de forma explícita ou de forma implícita que indicam uma direção para ele (remissão ao art. 4 e ao art. 5 da LINDB)

Por sociedade entende -se o conjunto de relações interpessoais existente mediante contrato social, que foi fundamento pela concentração da SOBERANIA, antes difusa, no Estado e representada pelo PODER CONSTITUINTE ORIGINÁRIO.

Por concentrar a soberania no Estado cria -se a ideia de POVO (conjunto de cidadãos) ser, ao mesmo tempo, soberano (pois possui capacidade de exercer o poder) e servo (pois possui a obrigação de obedecer a lei) - nisso cria -se a ideia de ESTADO DE DIREITO, essa dualidade é o que constitui a concepção de CIDADANIA.

Na ideia de Estado democrático de direito e de cidadania decorre o princípio da DIGNIDADE HUMANA, termo de difícil definição que não compensa ser tratado aqui.

Na ideia de todos esses Instituto decorre o pluralismo político.

Perceba que esses princípios são complementares e as vezes contraditórios, pense num caso que envolve o conflito entre o Estado (soberano) com um indivíduo (tutelado pelo princípio da dignidade humana).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes