A maior rede de estudos do Brasil

Alguém poderia me explicar O que o patrão faz com o empregado na concepção marxista?

Sociologia

Colegio Santo Antonio


3 resposta(s)

User badge image

Ana Luiza Ana

Há mais de um mês

A teoria marxista, elaborada por Karl Marx e Friedrich Engels, consiste em uma interpretação política, econômica e social do sistema capitalista. Neste post, falaremos sobre a mais valia, conceito central na obra de Marx. 

A mais-valia consiste na interpretação marxista de lucro, e é a base de como essa corrente entende o funcionamento do sistema capitalista. É a partir da ideia de mais-valia que surge o argumento da luta de classes, que está na raiz dos ideais socialistas. 

Para os adeptos de outras correntes econômicas, como o liberalismo, o argumento da mais-valia não é aceito, visto que ele faz parte da teoria marxista. Ainda assim, conhecer os diferentes argumentos é importante para o debate político. Então vamos lá! 

Características do sistema capitalista

Antes de falar sobre o conceito de mais-valia em si, é preciso compreender alguns aspectos de como o marxismo caracteriza o sistema capitalista. 

Essa corrente de pensamento político-econômico entende que a sociedade é marcada por um antagonismo decorrente do processo de produção capitalista. Esse antagonismo resulta do fato de que existem dois grupos dentro da sociedade: aqueles que possuem os meios de produção (capitalistas), e aqueles que não os possuem (proletários). Meios de produção são, por exemplo, o capital (dinheiro para gerar investimentos na produção) e a propriedade física (como a fábrica e seu maquinário). 

De acordo com a teoria marxista, por não deter os meios de produção, o proletário é levado a vender sua força de trabalho ao capitalista, para poder garantir sua subsistência. Dessa maneira, a própria força de trabalho/mão de obra torna-se uma mercadoria, à medida que será vendida em troca de dinheiro (salário). 

A teoria marxista, elaborada por Karl Marx e Friedrich Engels, consiste em uma interpretação política, econômica e social do sistema capitalista. Neste post, falaremos sobre a mais valia, conceito central na obra de Marx. 

A mais-valia consiste na interpretação marxista de lucro, e é a base de como essa corrente entende o funcionamento do sistema capitalista. É a partir da ideia de mais-valia que surge o argumento da luta de classes, que está na raiz dos ideais socialistas. 

Para os adeptos de outras correntes econômicas, como o liberalismo, o argumento da mais-valia não é aceito, visto que ele faz parte da teoria marxista. Ainda assim, conhecer os diferentes argumentos é importante para o debate político. Então vamos lá! 

Características do sistema capitalista

Antes de falar sobre o conceito de mais-valia em si, é preciso compreender alguns aspectos de como o marxismo caracteriza o sistema capitalista. 

Essa corrente de pensamento político-econômico entende que a sociedade é marcada por um antagonismo decorrente do processo de produção capitalista. Esse antagonismo resulta do fato de que existem dois grupos dentro da sociedade: aqueles que possuem os meios de produção (capitalistas), e aqueles que não os possuem (proletários). Meios de produção são, por exemplo, o capital (dinheiro para gerar investimentos na produção) e a propriedade física (como a fábrica e seu maquinário). 

De acordo com a teoria marxista, por não deter os meios de produção, o proletário é levado a vender sua força de trabalho ao capitalista, para poder garantir sua subsistência. Dessa maneira, a própria força de trabalho/mão de obra torna-se uma mercadoria, à medida que será vendida em troca de dinheiro (salário). 

User badge image

Rose Oliva

Há mais de um mês

O patrão utiliza a força da mão de obra, pagando um salário ao empregado.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes