A maior rede de estudos do Brasil

Conceitue iMAGEM CORPORAL abordando a influência de aspectos sócio histórico culturais;

A imagem corporal representa aspectos cognitivos, afetivos, sociais/culturais e motores que dão uma ideia de si próprio, porém é influenciada pelas interações do indivíduo no meio em que vive" (CALSANI, 2016, p. 23). Conceitue IMAGEM CORPORAL abordando a influência de aspectos sócio histórico culturais; exemplificando (pelo menos um exemplo) e porque conhecer este conceito é importante para o trabalho com a Educação

Pedagogia

ESTÁCIO


2 resposta(s)

User badge image

Alexsandra Schoenberger

Há mais de um mês

Para entender a Imagem Corporal é preciso conhecer os diversos conceitos que a definem. A Imagem Corporal é a imagem que a pessoa tem de si mesma. Em relatos citados por Schilder (1999 apud BARROS, 2005) quando a imagem corporal é preservada e a sensibilidade está prejudicada, ainda é possível que o indivíduo fale onde foi tocado em seu corpo.

   Também ligada a imagem corporal pode-se definir a Auto Avaliação como um fenômeno pessoal que ajuda o indivíduo a controlar seu comportamento. Ela faz parte do processo adaptativo das pessoas. Já o Autoconceito pode ser entendido como a idéia que o indivíduo forma sobre si próprio, das capacidades, atitudes e valores na esfera social, física e moral (CATANEO, 2005; CARAPETA, 2001).

   A Auto Imagem pode ser uma dimensão individualista do “eu”, reunindo conceitos como autônomo, separado e independente. Pode ter uma dimensão coletivista que quer dizer à relação entre o individuo e a coletividade, na dimensão relacional é cujo foco das relações são entre os indivíduos. A Autoestima é um termo muito abordado nos últimos anos, pois os problemas com ela são normais em todos os lugares e aspectos. A Autoestima é o sentimento de competência e valor pessoal. É refletido na capacidade de encarar os desafios da vida, os problemas e o direito de ser feliz. (GOUVEIA,2002; BRANDEN,1999)

   Para Chipkevitch (1987 apud CANO, 1999) não se pode referir à adolescência sem ligá-la ao corpo, e referir-se ao corpo sem ligá-lo a mente. Nessa fase as intensas mudanças físicas influenciam e interagem intensamente com a sociedade o que ela apresenta e psicologicamente na identidade do adolescente. E para a construção da identidade pessoal do individuo neste período é inevitável a relação com o corpo. A imagem corporal já está estabelecida muito antes da adolescência, mas é nela que ocorrem as maiores reconstruções e reformulações da imagem corporal do indivíduo.

   Segundo Natalie (2006 apud CAMPOS, 2008) a imagem corporal está ligada em como o indivíduo pensa e sente sobre si mesmo. É como um conjunto de representações mentais e corporais que vão sendo acumuladas ao longo da vida. Para essa construção são consideradas as impressões visuais e táteis, experiências dolorosas e prazerosas permeadas por significados afetivos, de cultura, relacionamento, fatos presentes na história da pessoa.


Para entender a Imagem Corporal é preciso conhecer os diversos conceitos que a definem. A Imagem Corporal é a imagem que a pessoa tem de si mesma. Em relatos citados por Schilder (1999 apud BARROS, 2005) quando a imagem corporal é preservada e a sensibilidade está prejudicada, ainda é possível que o indivíduo fale onde foi tocado em seu corpo.

   Também ligada a imagem corporal pode-se definir a Auto Avaliação como um fenômeno pessoal que ajuda o indivíduo a controlar seu comportamento. Ela faz parte do processo adaptativo das pessoas. Já o Autoconceito pode ser entendido como a idéia que o indivíduo forma sobre si próprio, das capacidades, atitudes e valores na esfera social, física e moral (CATANEO, 2005; CARAPETA, 2001).

   A Auto Imagem pode ser uma dimensão individualista do “eu”, reunindo conceitos como autônomo, separado e independente. Pode ter uma dimensão coletivista que quer dizer à relação entre o individuo e a coletividade, na dimensão relacional é cujo foco das relações são entre os indivíduos. A Autoestima é um termo muito abordado nos últimos anos, pois os problemas com ela são normais em todos os lugares e aspectos. A Autoestima é o sentimento de competência e valor pessoal. É refletido na capacidade de encarar os desafios da vida, os problemas e o direito de ser feliz. (GOUVEIA,2002; BRANDEN,1999)

   Para Chipkevitch (1987 apud CANO, 1999) não se pode referir à adolescência sem ligá-la ao corpo, e referir-se ao corpo sem ligá-lo a mente. Nessa fase as intensas mudanças físicas influenciam e interagem intensamente com a sociedade o que ela apresenta e psicologicamente na identidade do adolescente. E para a construção da identidade pessoal do individuo neste período é inevitável a relação com o corpo. A imagem corporal já está estabelecida muito antes da adolescência, mas é nela que ocorrem as maiores reconstruções e reformulações da imagem corporal do indivíduo.

   Segundo Natalie (2006 apud CAMPOS, 2008) a imagem corporal está ligada em como o indivíduo pensa e sente sobre si mesmo. É como um conjunto de representações mentais e corporais que vão sendo acumuladas ao longo da vida. Para essa construção são consideradas as impressões visuais e táteis, experiências dolorosas e prazerosas permeadas por significados afetivos, de cultura, relacionamento, fatos presentes na história da pessoa.


Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes