A maior rede de estudos do Brasil

O que é preciso o nutricionista investigar para que comece a planejar o cardápio do paciente? segue aí, para poder ver a resposta :) mais tarde!

Avaliação Nutricional I

UNINASSAU RECIFE


5 resposta(s)

User badge image

Ruannita Maria

Há mais de um mês

Muitos fatores devem ser analisados para que se consiga elaborar um plano alimentar individualizado e que o paciente consiga aderir e manter.

Entre eles deve-se atentar para os dados clínicos: se há patologias, analisar os exames bioquímicos se lhe forem apresentados, se há alergias e/ou intolerâncias alimentares. Associar esses dados à avaliação antropométrica, observando a composição corporal (percentual de MG e MM) bem como a distribuição, circunferência da cintura e quadril e a RCQ.

Outro dado importante é o nível econômico do seu paciente, pois o seu planejamento terá que abranger os alimentos que ele está habituado e têm condições de adquirir. Assim, realizar um recordatório alimentar é um passo fundamental para o plano, não se esqueça de investigar de maneira aprofundada as quantidades, como que é o preparo das refeições, se come com distrações como TV e celular, se utiliza temperos ultraprocessados (muitas vezes o paciente nem faz ideia do quanto isso é prejudicial) e o que muda no fim de semana.

No mais, incentive e converse abertamente com o seu paciente, escute-o, tenha empatia, deixe ele à vontade e ele irá confiar em você e no seu plano. Muitas vezes, dependendo de qual seja o problema, um plano alimentar qualitativo a princípio já ajuda muito o paciente, construa junto com ele e terá resultados.

Muitos fatores devem ser analisados para que se consiga elaborar um plano alimentar individualizado e que o paciente consiga aderir e manter.

Entre eles deve-se atentar para os dados clínicos: se há patologias, analisar os exames bioquímicos se lhe forem apresentados, se há alergias e/ou intolerâncias alimentares. Associar esses dados à avaliação antropométrica, observando a composição corporal (percentual de MG e MM) bem como a distribuição, circunferência da cintura e quadril e a RCQ.

Outro dado importante é o nível econômico do seu paciente, pois o seu planejamento terá que abranger os alimentos que ele está habituado e têm condições de adquirir. Assim, realizar um recordatório alimentar é um passo fundamental para o plano, não se esqueça de investigar de maneira aprofundada as quantidades, como que é o preparo das refeições, se come com distrações como TV e celular, se utiliza temperos ultraprocessados (muitas vezes o paciente nem faz ideia do quanto isso é prejudicial) e o que muda no fim de semana.

No mais, incentive e converse abertamente com o seu paciente, escute-o, tenha empatia, deixe ele à vontade e ele irá confiar em você e no seu plano. Muitas vezes, dependendo de qual seja o problema, um plano alimentar qualitativo a princípio já ajuda muito o paciente, construa junto com ele e terá resultados.

User badge image

Gleydson Deyvide

Há mais de um mês

É preciso passar por uma avaliação nutricional ( exames físicos, bioquímicos, antropométricos, dietéticos ... )

User badge image

Nutri Concurseira Verified user icon

Há mais de um mês

É preciso passar por uma avaliação nutricional

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes