A maior rede de estudos do Brasil

Dicas de interdisciplinalidade na Educação

Pedagogia

UNOPAR


1 resposta(s)

User badge image

Vivaldo Gomes Júnior

Há mais de um mês

Quais são as dicas para pôr a interdisciplinaridade em prática?Confira, agora, 5 dicas para inserir de vez a interdisciplinaridade no projeto pedagógico de sua escola.1. Aposte em um bom planejamentoQualquer atividade interdisciplinar demanda uma logística que interfere na rotina escolar. Portanto, o primeiro passo para assumir a interdisciplinaridade em sala de aula é garantir que o planejamento pedagógico seja eficaz, uma vez que envolve diversos professores e pode esbarrar em uma grade curricular convencional.Incentive os professores envolvidos a dialogar a respeito dos conteúdos em pauta nas suas disciplinas e a refletir sobre como os conceitos individuais poderiam ser entrelaçados de maneira interativa. Ao identificar temas convergentes, parta para a construção dos eixos temáticos e determine qual será a participação de cada disciplina na formação de um projeto interdisciplinar.2. Permita que os professores tenham flexibilidadeComo dissemos no item anterior, é possível que a estrutura curricular venha a gerar problemas na aplicação de atividades interdisciplinares em sala de aula. Para evitar essa questão, os professores precisarão de certa flexibilidade na aplicação de seus conteúdos individuais.Se necessário, oriente o corpo docente a inverter a ordem da apresentação de certos conteúdos, de maneira a acomodar satisfatoriamente a proposta interdisciplinar.3. Aposte em atividades lúdicasOs benefícios das atividades lúdicas são inúmeros para a educação, tanto que a gamificação já chegou até mesmo ao ensino superior. Por isso, não poupe esforços em criar atividades de cunho interdisciplinar dessa natureza.Desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, as possibilidades são inúmeras. A montagem de peças de teatro, o cultivo de uma horta experimental, a criação de um programa de TV e a realização de jogos coletivos são apenas algumas das alternativas para a prática interdisciplinar.4. Utilize recursos digitaisOs recursos digitais não podem ficar de fora. Inclusive, se sua escola utiliza ambientes virtuais de aprendizagem, já tem um excelente espaço para fomento à interdisciplinaridade em sala de aula.Os próprios professores podem criar conteúdos para que os alunos trabalhem em conjunto em suas disciplinas.Um bom exemplo é a interpretação de conceitos de diferentes assuntos por meio de textos ou vídeos comuns. Nesse caso, cada professor vai trabalhar seus pontos de vista com base em um mesmo material digital. Incentive também a produção textual dos alunos por meio da criação de conteúdos para sites e blogs relacionados aos temas convergentes.Aproveite também disciplinas como Robótica e Programação, pois são algumas das matérias que mais podem ser incluídas em atividades interdisciplinares, além de incentivar a cultura maker, em que os alunos “põem a mão na massa” e “aprendem fazendo”.5. Adote materiais didáticos com proposta interdisciplinarExistem no mercado materiais didáticos com eixos interdisciplinares. São conjuntos de livros, cadernos e apostilas com conteúdo personalizado que já sugere aos professores atividades de interdisciplinaridade.Algumas editoras, especialmente associadas a grandes grupos educacionais, estão empenhadas em desenvolver um material vasto que inclui, até mesmo, recursos online para facilitar a vida do professor e dinamizar o aprendizado. Para escolher, faça uma pesquisa ampla, veja a experiência de outras escolas e verifique qual é o tipo de material que melhor atende aos seus ideais.Lembre-se de que o sucesso da interdisciplinaridade em sala de aula depende de uma excelente sinergia entre os professores. Nesse sentido, essa questão deve acompanhar os programas de educação continuada promovidos por sua escola, de maneira que a prática se torne orgânica na cultura da instituição.Se os professores estiverem totalmente familiarizados com o cotidiano interdisciplinar, até mesmo abordagens como a do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ― que cada vez mais adota um viés interdisciplinar ― podem ser mais bem exploradas e resultar em melhor desempenho dos alunos.
Quais são as dicas para pôr a interdisciplinaridade em prática?Confira, agora, 5 dicas para inserir de vez a interdisciplinaridade no projeto pedagógico de sua escola.1. Aposte em um bom planejamentoQualquer atividade interdisciplinar demanda uma logística que interfere na rotina escolar. Portanto, o primeiro passo para assumir a interdisciplinaridade em sala de aula é garantir que o planejamento pedagógico seja eficaz, uma vez que envolve diversos professores e pode esbarrar em uma grade curricular convencional.Incentive os professores envolvidos a dialogar a respeito dos conteúdos em pauta nas suas disciplinas e a refletir sobre como os conceitos individuais poderiam ser entrelaçados de maneira interativa. Ao identificar temas convergentes, parta para a construção dos eixos temáticos e determine qual será a participação de cada disciplina na formação de um projeto interdisciplinar.2. Permita que os professores tenham flexibilidadeComo dissemos no item anterior, é possível que a estrutura curricular venha a gerar problemas na aplicação de atividades interdisciplinares em sala de aula. Para evitar essa questão, os professores precisarão de certa flexibilidade na aplicação de seus conteúdos individuais.Se necessário, oriente o corpo docente a inverter a ordem da apresentação de certos conteúdos, de maneira a acomodar satisfatoriamente a proposta interdisciplinar.3. Aposte em atividades lúdicasOs benefícios das atividades lúdicas são inúmeros para a educação, tanto que a gamificação já chegou até mesmo ao ensino superior. Por isso, não poupe esforços em criar atividades de cunho interdisciplinar dessa natureza.Desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, as possibilidades são inúmeras. A montagem de peças de teatro, o cultivo de uma horta experimental, a criação de um programa de TV e a realização de jogos coletivos são apenas algumas das alternativas para a prática interdisciplinar.4. Utilize recursos digitaisOs recursos digitais não podem ficar de fora. Inclusive, se sua escola utiliza ambientes virtuais de aprendizagem, já tem um excelente espaço para fomento à interdisciplinaridade em sala de aula.Os próprios professores podem criar conteúdos para que os alunos trabalhem em conjunto em suas disciplinas.Um bom exemplo é a interpretação de conceitos de diferentes assuntos por meio de textos ou vídeos comuns. Nesse caso, cada professor vai trabalhar seus pontos de vista com base em um mesmo material digital. Incentive também a produção textual dos alunos por meio da criação de conteúdos para sites e blogs relacionados aos temas convergentes.Aproveite também disciplinas como Robótica e Programação, pois são algumas das matérias que mais podem ser incluídas em atividades interdisciplinares, além de incentivar a cultura maker, em que os alunos “põem a mão na massa” e “aprendem fazendo”.5. Adote materiais didáticos com proposta interdisciplinarExistem no mercado materiais didáticos com eixos interdisciplinares. São conjuntos de livros, cadernos e apostilas com conteúdo personalizado que já sugere aos professores atividades de interdisciplinaridade.Algumas editoras, especialmente associadas a grandes grupos educacionais, estão empenhadas em desenvolver um material vasto que inclui, até mesmo, recursos online para facilitar a vida do professor e dinamizar o aprendizado. Para escolher, faça uma pesquisa ampla, veja a experiência de outras escolas e verifique qual é o tipo de material que melhor atende aos seus ideais.Lembre-se de que o sucesso da interdisciplinaridade em sala de aula depende de uma excelente sinergia entre os professores. Nesse sentido, essa questão deve acompanhar os programas de educação continuada promovidos por sua escola, de maneira que a prática se torne orgânica na cultura da instituição.Se os professores estiverem totalmente familiarizados com o cotidiano interdisciplinar, até mesmo abordagens como a do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) ― que cada vez mais adota um viés interdisciplinar ― podem ser mais bem exploradas e resultar em melhor desempenho dos alunos.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes