A maior rede de estudos do Brasil

(86)98824-8994 PORTFÓLIOS PRONTA ENTREGA DO 1º ao 8º SEMESTRE DE VÁRIOS CURSOS. NOS CHAME PARA UM ORÇAMENTO ?!

Pedagogia

UNOPAR


2 resposta(s)

User badge image

Heitor de lima da costa

Há mais de um mês

de obras?Para um bom planejamento, deve-se reunir todas as informações possíveis previamente à realização da obra. Com isso, é possível levar em consideração os potenciais imprevistos e tornar o documento utilizável na prática.Um erro bastante cometido é fazer planejamentos pressupondo apenas situações “perfeitas” e ideais. Isso torna o trabalho arriscado a partir do primeiro passo da construção, e pode fazer com que o documento seja pouco usado dali em diante por estar em desacordo com a real situação.Além disso, uma noção de tempo equivocada pode conduzir a um cronograma inaplicável, resultando em gastos com multas de atrasos que poderiam ter sido previstos.Quais as principais etapas de um projeto de construção?Veja, abaixo, as etapas de um projeto de construção para organizar um planejamento de obras eficiente.1.  Análise do local e levantamento de informaçõesUm projeto de construção, seja ele arquitetônico, estrutural, de instalações elétricas ou hidráulicas, deve sempre considerar as informações de campo, como dados e aspectos do terreno e seus arredores. Caso contrário, problemas podem ocorrer durante a execução da edificação.2.  Concepção do projeto arquitetônicoNessa etapa, há contato direto com o arquiteto responsável para chegar a um consenso em relação aos desejos e às possibilidades dentro do orçamento estabelecido.Geralmente, são criadas soluções para as demandas existentes, explicando eventuais diferenças entre o solicitado e o que pode ser, de fato, desenhado.O projeto arquitetônico deve atender não só as vontades do cliente, mas as leis e o plano diretor local.Nesse sentido, é imprescindível atender aos requisitos do usuário previstos na NBR 15575, que tratam sobre fatores como:Estanqueidade da água;Desempenho térmico;Acústico e lumínico;Saúde;Higiene;Qualidade do ar;Funcionalidade e acessibilidade;Conforto tátil e antropodinâmico.É necessário respeitar as normas e ter em mente que cada lugar exige requisitos diferentes para a construção. Isso, muitas vezes, inviabiliza que um mesmo projeto seja usado em cenários distintos (não somente pela questão do terreno, mas, principalmente, por aspectos jurídicos).3.  Elaboração dos desenhosApós a concepção, o projeto de construção deve ser montado com a ajuda de ferramentas computacionais, de acordo com a escolha do cliente, do arquiteto e do executor da obra.Os desenhos devem ser elaborados sempre levando em consideração a realização da edificação, contendo o máximo de detalhamento e de informações possíveis para que se possa seguir o que foi acordado entre arquiteto e proprietário, e não deixando espaços para dúvidas e erros.Os projetos de construção também devem apresentar um material descritivo incluindo todos os itens que devem ser utilizados na execução.Esse documento pode ter dados básicos, como a especificação de quais salas devem possuir paredes brancas, por exemplo, e mais detalhes, como a marca de tinta e cor a ser usada.4.  Revisão e aprovaçãoRevisões no projeto de construção podem ser solicitadas para a retirada de dúvidas e correção de erros ou imperfeições antes da realização da obra.Isso também pode acontecer em caso de confrontamento de dois projetos, como o estrutural e o arquitetônico não alinhando o local de construção dos pilares, por exemplo.É muito importante que todos os projetos sejam analisados em conjunto para evitar erros que podem, inclusive, prejudicar a integridade estrutural da edificação, como tubulações passando no meio de vigas.5.  Legalização da obraMuitas vezes, utilizando o projeto base, já é possível preparar a documentação da obra para apresentar à prefeitura.Por isso, na fase de concepção, é fundamental alinhar-se ao plano diretor ou qualquer outra diretriz da cidade para que o projeto seja aprovado sem problemas.Durante esse processo, também devem ser pagas algumas taxas, de acordo com as leis locais.A execução da obra só pode começar a partir da aprovação da prefeitura, portanto, essa etapa deve ser bem planejada e conduzida, com toda a documentação devidamente organizada. Caso contrário, todo o andamento e o início da construção podem atrasar, e a edificação pode sofrer embargos.A legalização da obra começa antes da realização e continua durante essa etapa. Ao final (ou perto do fim), é solicitada uma visita do Corpo de Bombeiros para conferir questões de segurança e obter o Habite-se.6.  Definição de prazosAlgo imprescindível na construção é a definição de prazos. A edificação deve ter um planejamento para sua data final, assim como para a execução de cada serviço, com data de entrada e saída de equipes. Nessa etapa, portanto, é criado um calendário de realização da obra.Com um projeto de construção bem feito e realista, não são necessárias revisões durante o andamento, e o cronograma estabelecido não é atrasado.7.  Orçamento de materiais e mão de obraÉ preciso um tempo para que o custo da construção seja estabelecido, através de um orçamento de obra.Dentro desse orçamento, uma das etapas são os gastos com materiais e mão de obra, junto com o levantamento de quantidade dos mesmos.Uma importante ferramenta para que a orçamentação seja assertiva é o Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil, ou simplesmente tabela SINAPI, que disponibiliza dados sobre preços e custos de referência para a elaboração de orçamentos na construção civil. As informações são atualizadas mensalmente pela Caixa Econômica Federal.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes