A maior rede de estudos do Brasil

ÉTICA PROFISSIONAL

O Código de Ética de 1993 aborda reflexões e orientações sobre o sigilo profissional. O sigilo pode ser compreendido como a relação de respeito e confidencialidade entre o profissional e o usuário durante todas as fases do atendimento prestado, independente da instituição que o assistente social desenvolve seu trabalho.

 

SIKORSKI, Daniela; BERNARDO, Rafaela Cristina. Ética Profissional. Maringá: Unicesumar, 2016.

 

Leia as afirmações abaixo:

 

I – O assistente social deve ter uma sala reservada para os atendimentos e arquivos específicos para relatórios do assistente social e, de preferência, que possam ser trancados.

II – A quebra do sigilo é admissível quando se tratarem de situações, cuja gravidade possa trazer prejuízos ao usuário, a terceiros e à coletividade.

III – O sigilo não abrange informações importantes para os demais membros da equipe, podendo o assistente social compartilhar irrestritamente as informações.

 

É correto o que se afirma em:

Alternativas


Alternativa 1:


I, apenas. 


Alternativa 2:


II, apenas. 


Alternativa 3:


III, apenas. 


Alternativa 4:


I e III, apenas. 


Alternativa 5:


I e II, apenas. 

Ética Profissional

UniCesumar


4 resposta(s)

User badge image

Nina carvalhooo

Há mais de um mês

Alternativa 5:


I e II, apenas. 

Nunca podemos quebrar o sigilo.

Alternativa 5:


I e II, apenas. 

Nunca podemos quebrar o sigilo.

User badge image

Nina carvalhooo

Há mais de um mês

Jamais podemos quebrar o sigilo dos nossos pacientes.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes