A maior rede de estudos do Brasil

Método de custeio por absorção

(ENADE, 2015) Uma empresa que possui o método de custeio por absorção para a apuração dos custos dos produtos fabricou, em determinado período, 50.000 unidades de um dos produtos de sua linha, com custo total de produção de R$ 1.000.000,00 e custo variável unitário de R$ 8,00. A empresa estima que, para o próximo período, haverá aumento de 20% no referido produto, mantida a estrutura atual de custos, sem necessidade de modificação na capacidade da produção já instalada. Nessa situação, dado o novo volume de produção, o custo unitário de produção, mantido o método de custeio por absorção, será:

A) R$ 20,00.

B) R$ 9,60.

C) R$ 18,00.

D) R$ 8,00.


2 resposta(s)

User badge image

Dalila Malta

Há mais de um mês

custo variável da produção de 50.000 unidades foi de:

50.000 x 8 = 400.000

Sendo assim, o valor dos custos fixos é de 600.000.

Com um aumento de 20% na produção, ela passará a ser de 60.000 unidades:

50.000 x 1,2 = 60.000

Então o novo custo variável total será de:

60.000 x 8 = 480.000

O custo fixo não se altera com o aumento do volume de produção, sendo assim, o novo custo total de produção será:

CPP = 600.000 + 480.000

CPP = 1.080.000

E o novo custo unitário do produto será:

CPP unt = 1.080.000 / 60.000

CPP unt = R$ 18,00


custo variável da produção de 50.000 unidades foi de:

50.000 x 8 = 400.000

Sendo assim, o valor dos custos fixos é de 600.000.

Com um aumento de 20% na produção, ela passará a ser de 60.000 unidades:

50.000 x 1,2 = 60.000

Então o novo custo variável total será de:

60.000 x 8 = 480.000

O custo fixo não se altera com o aumento do volume de produção, sendo assim, o novo custo total de produção será:

CPP = 600.000 + 480.000

CPP = 1.080.000

E o novo custo unitário do produto será:

CPP unt = 1.080.000 / 60.000

CPP unt = R$ 18,00


User badge image

Maicon BP

Há mais de um mês

custo variável da produção de 50.000 unidades foi de:50.000 x 8 = 400.000.

O valor dos custos fixos é de 600.000. Com um aumento de 20% na produção, ela passará a ser de 60.000 unidades:

50.000 x 1,2 = 60.000

Então o novo custo variável total será de:

60.000 x 8 = 480.000

O custo fixo não se altera com o aumento do volume de produção, sendo assim, o novo custo total de produção será CPP = 600.000 + 480.000

CPP = 1.080.000

E o novo custo unitário do produto é CPP unt = 1.080.000 / 60.000

CPP unt = R$ 18,00

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes