Relação custo-volume-lucro e alavancagem

Veremos agora a estrutura de custos de uma empresa, os conceitos de margem de contribuição, ponto de equilíbrio e alavancagem, bem como os tipos de alavancagem.Premium

  • remove_red_eye 45 Aulas assistidas
  • school 39 Estudantes

Aulas de Relação custo-volume-lucro e alavancagem

Estrutura de custos da empresa - Video

Faremos uma breve introdução sobre a estrutura de custos da empresa além do conceito de custos fixos, variáveis e totais.

  • thumb_down 1 não aprovou

EXERCÍCIOS RELACIONADOS A relacao-custo-volume-lucro-e-alavancagem

premium

Exercícios resolvidos: Administração Financeira e Orçamentária - Teoria e Questões - 6ª Ed. 2016

Sérgio Mendes

Elaborado por professores e especialistas

Passo 1 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Sempre que uma questão falar em orçamento, devemos recorrer à Constituição Federal de 1988. A Constituição Federal é a lei maior. É a partir dela que derivam as demais leis. Portanto a Constituição Federal de 1988 deve ser muito bem estudada e memorizada.

Dica! As atribuições de cada poder são muito claras e distintas na constituição de 1988. Para facilitar sua memorização, faça destaque de outra cor no seu material de estudo, igual ao que fizemos na citação abaixo.

Vamos ver o que diz a Constituição Federal sobre orçamentos:

“Art. 165. Leis de iniciativa do Poder Executivo estabelecerão:

I - o plano plurianual;

II - as diretrizes orçamentárias;

III - os orçamentos anuais.

[...]

§ 9º - Cabe à lei complementar:

I - dispor sobre o exercício financeiro, a vigência, os prazos, a elaboração e a organização do plano plurianual, da lei de diretrizes orçamentárias e da lei orçamentária anual;

II - estabelecer normas de gestão financeira e patrimonial da administração direta e indireta bem como condições para a instituição e funcionamento de fundos”.

Passo 2 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

O artigo 165 da Constituição Federal é bastante claro ao afirmar que a iniciativa de estabelecer o plano plurianual é do executivo

Passo 3 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Agora, vamos começar analisando as alternativas erradas:

c) A alternativa (c ) está errada porque diz que a iniciativa é do Poder Executivo ou Legislativo. A iniciativa deve ser somente do Poder Executivo (observe o destaque em vermelho).

Passo 4 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

d) A alternativa (d) está errada porque diz que a iniciativa é do Poder Legislativo. A iniciativa deve ser somente do Poder Executivo (observe o destaque em vermelho).

Passo 5 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

e) A alternativa (e) está errada porque diz que a iniciativa é do Poder Legislativo. A iniciativa deve ser somente do Poder Executivo (olha o destaque em vermelho).

Passo 6 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Agora estamos entre as alternativas (a) e (b). As respostas são bastantes semelhantes. A Lei complementar fala em organização do plano plurianual.

Mas, a resposta (a) está errada porque diz que a Lei complementar estabelece o PPA.

Passo 7 de 7keyboard_arrow_downkeyboard_arrow_up

Assim, a alternativa correta é a (b) porque cita exatamente o inciso I do § 9º da Constituição Federal de 1988.

“I - dispor sobre o exercício financeiro, a vigência, os prazos, a elaboração e a organização do plano plurianual, da lei de diretrizes orçamentárias e da lei orçamentária anual;”